Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um motociclista de 33 anos que, segundo a Polícia Militar trafegava em alta velocidade, morreu ao perder o controle da moto no fim da noite deste domingo, 8.

O acidente ocorreu por volta das 23h. Edenilson Ramos Viegas trafegava no sentido Curiaú/Zona Norte pela Rodovia AP-70. Na chamada ‘curva da morte’, ele perdeu o controle do veículo ao passar por uma lombada.

“A informação que nós temos é que a vítima estava ingerindo bebida alcoólica no balneário, e aqui não viu a lombada”, comentou o tenente Alves Neto, do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE).

Apesar da possibilidade do álcool ter atrapalhado a condução, o BPRE admite que outros fatores podem ter influenciado no acidente, como a escuridão do local e a sinalização horizontal deficiente.

Moto foi parar a 50 metros da rodovia: alta velocidade. Fotos: Olho de Boto

Moto foi parar a 50 metros da rodovia: alta velocidade. Fotos: Olho de Boto

A velocidade da moto na hora do acidente era grande. A motocicleta foi parar a cerca de 50 metros de distância da rodovia. A vítima também foi arremessada para muito longe, indo parar em um canteiro de obras.

Moradores chamaram o Samu, mas a ambulância teria demorado a chegar. Quando os paramédicos iniciaram o atendimento o motociclista já estava morto.

Houve protesto dos moradores que chegaram a bloquear a rodovia impedindo a passagem de qualquer tipo de veículo. Depois de diálogo com os manifestantes, o BPRE conseguiu liberar a rodovia se que houvesse conflito.

Parentes estiveram no local e fizeram o reconhecimento de Edenilson Viegas.

Compartilhamentos