Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Muita comoção e homenagens marcaram o sepultamento do engenheiro e professor Sérgio Almeida, de 41 anos, na tarde desta quinta-feira, 5, no cemitério Nossa Senhora de Conceição, Centro de Macapá.  Familiares e amigos cantaram músicas e choraram muito na despedida dele.

Māe

Māe de Sérgio acompanhada de familiares

Cerca de 100 pessoas estiveram no enterro do engenheiro, que ocorreu por volta das 15h30min. O corpo foi encontrado por equipes do Grupo Tático Aéreo (GTA) e do Núcleo de Operações e Inteligência (NOI) da Polícia Civil na tarde de ontem.

A mãe de Sérgio, que demonstrava forte controle emocional, foi quem pronunciou as últimas palavras em homenagem ao filho. Veja o vídeo.

“Ele era muito querido”, comentou uma das primas que não entendia o motivo de tanta crueldade. “Eles só levaram o celular. Deixaram o chip e a capa”, comentou.

Amigos e familiares cantaram uma música em despedida. Veja o vídeo.

O engenheiro desapareceu no último domingo, 1º, depois de sair de uma festa de aniversário no bairro Renascer na companhia de algumas pessoas com destino ao Balneário do Curiaú.

Amigos e familiares acompanharam o enterro

Amigos e familiares acompanharam o enterro. Fotos: André Silva

A família reconheceu o corpo, já em estado avançado de decomposição, encontrado no KM-12 da BR-210, próximo da Comunidade de Ilha Redonda. A policia continua na investigação do crime.

Compartilhamentos