Compartilhamentos

SELES NAFES

 

Já está decidido: O PDT, do governador Waldez Góes, vai indicar o candidato à vice na chapa de Isabel Nogueira, candidata do PT à prefeitura de Santana. O acordo entre os dirigentes dos dois partidos foi sacramentado na última sexta-feira, 29, mas só foi anunciado na manhã desta quinta-feira, 5.

O PDT vai escolher entre o ex-vereador Jailson, e o atual vereador Josivaldo Abrantes, que está no PDT, e é ex-presidente da Câmara de Santana.

“A vinda do PDT oxigena a campanha e consequentemente atrai mais partidos”, avalia o presidente do diretório municipal de Santana, o ex-prefeito Antônio Nogueira.

A parceria entre os dois partidos não é novidade. O PT fez parte do governo do PDT nos dois primeiros mandatos de Waldez Góes. Depois disso compôs o governo Camilo Capiberibe (PSB) e agora voltou a ocupar espaço no terceiro mandato de Waldez.

Nogueira: oxigenar a campanha. Foto: Arquivo

Nogueira: oxigenar a campanha. Foto: Arquivo

Outra decisão já tomada nessa reedição da aliança é a indicação do candidato à vice em Serra do Navio, onde é muito provável que a candidata do PT seja a ex-prefeita Francimar, o que poderia significar em tese um terceiro mandato. Ela ainda não decidiu se aceitará a indicação.

A aliança PT/PDT também poderá representar chapas em Vitória do Jari, Cutias do Araguari e Macapá.

“Macapá faz parte do projeto nacional de resgate do partido, e quem vai decidir se terá candidatura própria é o diretório nacional do PT, como ocorreu no Rio de Janeiro. É essa discussão que vai ter no país inteiro. Dia 17 o PT deve bater o martelo”, garantiu o presidente do diretório estadual, Joel Banha.

Compartilhamentos