Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Os contemplados com apartamentos no Conjunto Habitacional São José, no Bairro Buritizal, iniciaram na manhã desta quarta-feira, 11, o processo final para a obtenção do imóvel. Os 1.440 beneficiados receberão visitas da Caixa Econômica Federal e da Direcional para confirmar as informações de cadastro das famílias. De acordo com o Comitê Gestor do programa ‘Minha Casa. Minha Vida’, esse é o momento de transparência.

Famílias receberam orientações sobre como viver em condomínio

Famílias receberam orientações sobre como viver em condomínio. Fotos: Cássia Lima

Futuros moradores tiram dúvidas com funcionários da PMM

Futuros moradores tiram dúvidas com funcionários da PMM

As famílias lotaram a quadra da igreja Jesus de Nazaré para receber orientações sobre as contas de luz, água e gás, além de taxa de condomínio e preservação dos imóveis. Segundo a coordenadora do Comitê Gestor, Mônica Dias, as taxas representam uma nova realidade para as famílias. Elas também foram informadas sobre o número e o bloco do apartamento.

“Muitas famílias vêm de áreas de ponte, onde pagavam mal a luz ou não pagavam nada. Estamos esclarecendo e tirando dúvidas para que haja transparência no processo. Destacamos que esse é um processo novo e precisa existir uma relação de coletividade e responsabilidade das famílias com o Conjunto”, explicou a coordenadora.

Prefeito Clécio Luis conversa com contemplada: localização. Foto: Divulgação

Prefeito Clécio Luis conversa com contemplada: localização. Foto: Divulgação

Maria Madalena de Almeida, 54 anos, é uma das 1.440 beneficiadas com apartamento no São José. Há 15 anos a dona de casa morava na área onde foi construído o Conjunto. Hoje ela pegou o endereço do seu novo lar.

Maria:

Maria Madalena de Almeida: fiquei feliz em receber o comprovante de qual bloco e apartamento vou morar

“Fiquei feliz em receber o comprovante de qual bloco e apartamento vou morar com meu marido e dois filhos. Antes não pagávamos nada, mas já estou pensando nessas taxas que vamos ter que pagar, além da mensalidade da casa”, frisou.

Localizado no Bairro Buritizal, Conjunto Habitacional São José conta com 1.440 apartamentos

Localizado no Bairro Buritizal, Conjunto Habitacional São José conta com 1.440 apartamentos

O São José tem 72 blocos com 5 pavimentos cada, totalizando 1.440 apartamentos, contendo área privativa de 44 metros quadrados com dois quartos, sala, cozinha e área de serviço. O residencial também possui áreas de lazer para atender a população, com centro comunitário, quadras poliesportivas e playground.

Família

Ana Carolina Saldanha e família também foram contemplados com apartamento no São José

“Meu nome não saiu na primeira lista. Então, entrei com recurso e vi meu nome na segunda lista de beneficiários. Estou feliz, pois vou ter minha própria casa. Agora é arranjar um emprego para ajudar meu marido com as despesas”, disse Anne Carolina Saldanha, de 20 anos, que vai morar no conjunto com o Breno e a filha Beatriz.

O Conjunto Habitacional São José está sendo construído desde 2013 pela prefeitura de Macapá em parceria com o Governo Federal. Tem investimentos de R$ 89,2 milhões. A mobilidade na obra é que fez o deficiente visual Ernesto Júnior, de 51 anos, se inscrever no cadastro. Ele foi contemplado.

Deficiente

Ernesto Júnior, deficiente visual: terei mobilidade para sair de casa e andar por todos os espaços do conjunto

“Vou morar com meus dois filhos e minha nora. Sei que meu apartamento será no térreo e me informaram que terei mobilidade para sair de casa e andar por todos os espaços do conjunto. Terei o conforto que não tenho hoje morando em uma casa alugada no Marco Zero”.

Compartilhamentos