Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Começou a funcionar nessa manhã de quinta-feira, 19, no site do governo do Estado, o programa de proteção ao cidadão ‘Mais Segurança’. O programa busca ouvir as demandas de segurança pública e reativar antigas delegacias e Centro Integrado em Operações de Segurança Pública (Ciosp). A meta é reduzir em pelo menos 5% ao ano os índices de homicídio no Amapá.

Lançado na última quarta-feira, 18, o programa foi apresentado pelo secretário de estado de Segurança Pública, coronel Gastão Calandrini. A ideia é buscar maior eficácia nas ações de proteção ao cidadão.

Prédio do Ciosp Congós está

Prédio do Ciosp Congós deve ser reativado pelo programa ‘Mais Segurança’

“São 123 ações que envolvem desde a valorização dos servidores, reforma de postos policiais e investimento na segurança pública a curto, médio e longo prazo, visando reduzir a violência em todo o Estado”, disse o secretário.

O ‘Mais Segurança’ sincroniza as informações da Secretaria de Segurança Pública (Sejusp), polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Técnico-Científica (Politec), Fundação da Criança e do Adolescente (Fcria) e Instituto de Administração Penitenciária (Iapen).

Entre as ações estão a elaboração do plano de obras, o qual inclui a reativação dos Ciosp’s dos bairros Congós e Novo Horizonte, em Macapá; criação e aprimoramento de gerências de projetos, programa de otimização orçamentária e priorização de despesas, além da instituição do Fundo Estadual de Segurança Pública.

Compartilhamentos