Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Ao todo, 32 trabalhadores da Justiça amapaense receberam o prêmio “Servidor Padrão 2016″, na manhã desta segunda-feira, 2, no Fórum de Macapá. A solenidade reconheceu os profissionais em 28 categorias. Além de certificado, os vencedores foram premiados com medalha e R$ 700.

Cerimônia de entrega do prêmio foi nessa segunda, 2

Cerimônia de entrega do prêmio foi nessa segunda, 2

“Os próprios servidores acessaram o site do Tribunal e votaram em seus pares. Isso significa que o reconhecimento foi de um colega de trabalho, e do próprio chefe. Essa valorização é importantíssima para a Justiça amapaense e para o profissional”, disse a presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, Sueli Pini.

Os servidores eleitos foram escolhidos pelos critérios de assiduidade, responsabilidade, envolvimento, ética, relacionamento impessoal e sua liturgia no ambiente de trabalho. A honraria busca prestar um agradecimento aos servidores e magistrados.

Willian Alexandre de Lima, premiado pela Comarca de Tartarugalzinho

Willian Alexandre de Lima, premiado pela Comarca de Tartarugalzinho

“Esse prêmio vem reconhecer nosso trabalho de prestação jurisdicional à população. É muito gratificante e nos incentiva a prestar esse reconhecimento aos nossos colegas de trabalho. Isso é uma vitória na minha vida pessoal”, frisou  o chefe de secretaria da Comarca de Tartarugalzinho, Willian Alexandre de Lima, que recebeu o prêmio de Servidor Padrão.

A cerimônia de entrega premiou três servidores de cada área, incluindo, a de prestadores de serviços ao Tribunal. Foi o caso da Maria Conceição de Souza, de 37 anos.

“É muito bom saber que as pessoas gostam do nosso trabalho. É um incentivo a mais para trabalhar e ajudar o próximo”, disse.

Compartilhamentos