Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Uma travesti foi assassinada na noite deste domingo, 2, no Bairro Novo Horizonte, na Zona Norte de Macapá. O acusado é primo da vítima e a Polícia Militar acredita em vingança. A vítima, 8 anos atrás, respondeu pelo homicídio do próprio pai.

De acordo com a PM, Wandez Leonam da Luz Conceição, de 23 anos, passou o domingo bebendo na frente da casa onde morava com a família, na Rua Paulo do Espírito Santo. Ele tinha a companhia de várias pessoas, entre elas o primo Jonatan da Silva Conceição, de 19 anos.

Wandez Leonam morreu ainda no local. Fotos: Olho de Boto

Wandez Leonam morreu ainda no local. Fotos: Olho de Boto

Aos 16 anos, em 2008, Wandez Conceição foi apreendido pelo assassinato do próprio pai que não aceitava sua homossexualidade.

“8 anos atrás esse rapaz que tá morto matou o pai que machucava muito ele quando descobriu que era homossexual. E também batia muito na minha irmã, mãe dele”, disse Aluízio Conceição, tio da vítima.

Por volta das 19h30min, houve uma discussão entre Wandez e Jonatan que acabou no assassinato. Wandez recebeu várias facadas e morreu ainda no local.  A lâmina quebrou e ficou encravada no corpo da vítima.

Parentes informaram à policia que o primo ficou muito revoltado quando o tio foi assassinado

Parentes informaram à policia que o primo ficou muito revoltado quando o tio foi assassinado

Parentes informaram à polícia que Jonatan era muito chegado ao tio. Quando houve o assassinato, em 2008, ele tinha apenas 11 anos, e teria ficado ‘revoltado’ com o primo.  

“Tudo indica que foi uma vingança. A família tem um histórico de desentendimentos. A vítima respondeu pelo homicídio do próprio pai. Na época o primo se revoltou muito e sempre houve essas situações de vias de fato”, informou o tenente Alan Miranda, do 2º Batalhão da Polícia Militar do Amapá.

A PM fez incursões nos arredores, mas não conseguiu encontrar o criminoso.

Compartilhamentos