Compartilhamentos

SELES NAFES

O governo do Estado vai apresentar nesta quinta-feira, 2, à equipe do Hospital do Câncer de Barretos, o projeto arquitetônico para a implantação da unidade de prevenção e diagnóstico do hospital que funcionará no Amapá. Além da unidade, o governo vai construir a nova Unacon, onde hoje funciona a sede Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), no Centro de Macapá. As obras estão confirmadas para janeiro.

O governador Waldez e a equipe da Sesa receberam nesta quarta-feira, 1º, representantes do Hospital de Barretos. O encontro foi mais um de vários que já foram realizados para que o Amapá tenha finalmente a estrutura necessária para tratar e prevenir a doença. Hoje, a maioria dos pacientes busca tratamento em outras cidades, e o Programa de Tratamento Fora do Domicílio (TFD) ainda não funciona como deveria.

Governador informou que emendas parlamentares garantiram R$ 18 milhões, e que GEA vai usar recursos do BNDES. Foto: Secom

Governador informou que emendas parlamentares garantiram R$ 18 milhões, e que GEA vai usar recursos do BNDES. Foto: Secom

As tratativas com Barretos começaram no ano passado e estão avançadas. O Amapá se comprometeu em captar recursos e melhorar a rede, no caso a Unacon. Barretos vai administrar a unidade de diagnóstico e prevenção (fixa e móvel), e a nova Unacon será gerenciada pela Sesa.

Nas primeiras reuniões, os representantes de Barretos fizeram um diagnóstico da rede de atendimento do Amapá, e concluíram que não havia condições de trazer a unidade de prevenção móvel, uma carreta capaz de levar todos os exames de diagnóstico para os municípios. Também é necessário construir uma unidade fixa. 

“Começamos a trabalhar o desmembramento da Unacon do convênio com o Hospital Alberto Lima, e depois o governador autorizou o projeto arquitetônico para a construção da nova Unacon e a unidade de prevenção. Já reunimos com o Ministério da Saúde, e Barretos está ajudando nisso, para acelerar a implantação da radioterapia que inicia a construção em janeiro”, explicou a secretária de Saúde, Renilda Costa.

Representantes do Amapá com a equipe do Hospital de Barretos

Representantes do Amapá com a equipe do Hospital de Barretos. Novo encontro nesta quinta, 2

Na segunda visita, o representantes de Barretos buscaram localizar terrenos para a construção da unidade numa articulação do senador Davi Alcolumbre (DEM-AP). Todos os senadores e deputados federais alocaram emendas no valor total de R$ 18 milhões para a construção da unidade fixa de prevenção que será gerenciada por Barretos.

Na reunião desta quarta-feira, no Palácio do Setentrião, o governador Waldez Góes informou que vai investir recursos do BNDES, e que a previsão de liberação dos recursos da Unacon é setembro, com previsão de início das obras em 30 dias e conclusão em 18 meses.

Nesta quinta, técnicos da Sesa voltarão a se reunir com o diretor das unidades de prevenção do Hospital do Câncer de Barretos, Rafel Haikel. Ele vai conhecer o projeto arquitetônico da unidade de prevenção e diagnóstico e da nova Unacon. Hoje, a Unacon tem uma pequena e precária estrutura que funciona no Alberto Lima.

A Unidade Oncologia do HCAL sairá do Hospital Alberto Lima para um prédio próprio. Obras começam em janeiro. Foto: Arquivo

A Unidade Oncologia sairá do Hospital Alberto Lima para um prédio próprio. Obras começam em janeiro. Foto: Agência Amapá

“Realizamos o acompanhamento com os exames periódicos que possibilitam a prevenção, mas também a descoberta da doença na fase inicial. E claro, diminuímos os custos altíssimos dos tratamentos de câncer”, informou Haikel.  

 “Nosso objetivo é integrar setores e ter o leque de exames que garantam a prevenção e o diagnóstico, oferecendo condições necessárias para o tratamento. É um trabalho árduo, mas que temos a certeza que a união do Estado, da bancada federal e do governo federal, será possível tornar realidade”, assegurou o governador Waldez Góes durante a reunião.

Compartilhamentos