Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O Batalhão de Policiamento Rural (BPRu) apreendeu um veículo oficial do Conselho Tutelar de Cutias do Araguari, município a 140 quilômetros de Macapá. Além de o motorista, que é conselheiro, não possuir habilitação, o carro estava sendo utilizado para atividades recreativas e de lazer.

O veículo foi apreendido no último sábado por volta das 20h na comunidade de Gurupora, zona rural de Cutias. O carro teria sido utilizado durante todo o dia no apoio a um campeonato de futebol com a suposta conivência da presidente do Conselho Tutelar, Rosa Maria.

Vidros do carro foram quebrados depois de ter sido apreendido. Fotos: BPRu

Vidros do carro foram quebrados depois de ter sido apreendido. Fotos: BPRu

No entanto, o carro já tinha sido visto em outras atividades que nada tinham a ver com a proteção de crianças e adolescentes.

“Estamos monitorando esse carro há bastante tempo. Já filmamos até pessoas jogando bingo em cima do capô. Filmamos também jogadores de futebol entrando e saindo dele. Estamos reunindo tudo num relatório para seja aberto um processo administrativo contra esses dois conselheiros. Também enviaremos ao Ministério Público para ver a questão criminal”, comentou o comandante da 3ª Companhia do BPRu, tenente Fábio Baía.

Os dois conselheiros (presidente e o que dirigia o carro) podem perder os cargos por desvio de finalidade e improbidade administrativa.

O veículo foi entregue a um membro do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente, órgão encarregado de fiscalizar as atividades do conselho tutelar.

Contudo, o veículo foi levado para a garagem da prefeitura de Cutias onde amanheceu no domingo, 12, com os vidros quebrados.

A polícia investiga a motivação e tenta identificar os autores do ato de vandalismo.

Compartilhamentos