Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Deputados estaduais se reuniram com o governador Waldez Góes (PDT) para pedir que haja mobilização cobrando do governo federal o início das obras do conjunto habitacional Miracema, que será construído na mesma área desocupada há dois dias por determinação judicial às margens da Rodovia Norte-Sul. O grupo foi liderado pela presidente da Comissão Mista da Alap, Luciana Gurgel (PMB).  

Desocupação foi realizada na última terça-feira, 28. Fotos: André Silva

Desocupação foi realizada na última terça-feira, 28. Fotos: André Silva

De acordo com a comissão, um levantamento da Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims) apontou que 900 lotes estavam demarcados com piquetes e barracos, mas apenas em 200 havia famílias de fato residindo, o que demonstra o nível de especulação no local. 

O governo do Estado se comprometeu em incluir as famílias comprovadamente carentes em projetos habitacionais, com prioridade para o conjunto Miracema. O governo do Estado é o responsável pela seleção das famílias e a construção será executada pelo Ministério das Cidades e Caixa Econômica Federal. 

Governador e a comissão de deputados

Governador e a comissão de deputados. Foto: Ascom

O governo informou que moradores do Perpétuo Socorro, Canal do Jandiá e Pedrinhas serão beneficiados com apartamentos no Miracema, onde serão construídas 5 mil unidades.

Compartilhamentos