Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Dizem que o amor não tem prazo de validade e nem data para chegar. Talvez o amor chegue para os distraídos, como escreve a cronista Martha Medeiros. Se isso não é regra, pode ser pelo menos a exceção da história de amor do casal Soraia Dias, de 23 anos, e Danilo Pacheco, de 25 anos.

O casal se conheceu quando ele perdeu o cartão de crédito em um shopping. Ela encontrou o cartão e decidiu devolver ao dono. Soraia conta que tudo começou no dia 26 de janeiro de 2015. Quando ela saia de um shopping com parentes e encontrou o ‘bendito’ cartão de crédito.

Soraia e Danilo no primeiro encontro. Fotos: Cássia Lima

Soraia e Danilo no primeiro encontro. Fotos: Cássia Lima

“Eu poderia deixar o cartão em uma loja, procurar a direção do shopping ou simplesmente ter jogado no lixo. Poderia não ter me dado ao trabalho, mas eu fui atrás do dono. Não por interesse, mas pela questão ética de ter algo que não era meu”, relembrou Soraia.

Ela chegou em casa, bateu uma foto do cartão e postou no Facebook. O anúncio era claro: quem conhecer o dono avise o número, quero devolver. A resposta veio in box (mensagem privada do Facebook) no dia seguinte. Ele diz sorrindo que só queria o cartão, mas ganhou ela.

Casal está junto há um ano e

Casal está junto há um ano e cinco meses

Uma amiga me marcou na postagem dela (Soraia). Mandei mensagem com a intenção de recuperar o cartão, que já tinha bloqueado no dia anterior. Encontrei essa morena linda”, revelou Danilo.

Eles começaram a trocar mensagens e logo ele a convidou para sair e receber o bendito cartão. Nesse momento o interesse dos dois já havia aumentado e o cartão era a desculpa da amizade e amor que cresciam. O pequeno problema, nesse caso, era a distância. Ele morava em Santana, 17 quilômetros de Macapá, onde Soraia morava.

Mesmo morando em cidades diferentes, o casal nunca pensou em se separar

Mesmo morando em cidades diferentes, o casal nunca pensou em se separar

“Todo dia eu vinha pra Macapá só pra ver ela. Saímos por umas semanas e logo a pedi em namoro. Me apaixonei pelo jeito gentil dela. Ela sempre pensa nas pessoas e no que as pessoas vão gostar. A Soraia é amor”, diz o namorado todo apaixonado.

Eles namoraram por um ano e dois meses, e decidiram morar juntos. Hoje completam um ano e cinco meses de namoro, e três meses sob o mesmo teto. O que chama atenção no casal é a cumplicidade, amizade, alegria e claro, a paixão. Ele é extremante carinhoso e ela atenciosa.

Soraia e Danilo resolveram morar juntos após um ano de namoro

Soraia e Danilo resolveram morar juntos após um ano de namoro

“O que jamais imaginei é que, ao entregar o cartão, eu encontraria a felicidade. Lembro que salvei na minha agenda o número dele como ‘garoto do cartão’, hoje está como meu ‘tudão’”, destaca a namorada.

Danilo é professor de história, Soraia é bióloga. As profissões distintas poderiam fazer com que nunca se encontrassem, mas os dois caminhos se cruzaram para dividir danças, sorrisos, brincadeiras e brigas também. Porém, o momento mais delicado para os dois foi quando ela operou da vesícula.

Casal

Simplicidade e muito amor resumem a história do casal

“Lembro que quando voltei da sala de cirurgia ele estava mais pálido que eu. Mesmo sedada eu sorri e a cara dele se aliviou do medo. Ele ficou comigo dia e noite, e ás vezes, nem queria deixar minha família ficar comigo. Esse carinho dele que me cativa até hoje”, diz ela.

Os dois que moram em Macapá, na casa da mãe dela, guardam com carinho o cartão da felicidade que os uniu.

“Eu sou muito feliz com ela e tudo que passamos juntos. Ela me faz muito feliz e nos divertimos muito juntos. Ela é o amor da minha vida”.

Compartilhamentos