Compartilhamentos

SELES NAFES

Um homem foi preso acusado de estupro de vulnerável ao ser flagrado por policiais do Batalhão de Patrulhamento Rodoviário Estadual (BPRE) fazendo sexo com uma menina de 13 anos. Ela se identificou para os policiais como sobrinha do acusado.

A prisão ocorreu nesta terça-feira, 14, por volta das 16h, em um ramal próximo da Rodovia AP-70, na Comunidade de Casa Grande, a cerca de 10 quilômetros  do Balneário do Curiaú.

Os policiais estavam em patrulhamento quando viram uma picape Hillux parada e pensaram em duas possibilidades: pane ou crime em andamento. Era a segunda opção.

Na abordagem, o condutor saiu do veículo afirmando que tinha parado ali para apertar a roda traseira do carro.

Picape foi abordada em ramal na comunidade de Casa Grande. Fotos: Olho de Boto

Picape foi abordada em ramal na comunidade de Casa Grande. Fotos: Olho de Boto

Mas, na checagem por mais passageiros no interior do veículo, um policial percebeu uma pessoa que tentava se esconder. Era uma adolescente. Ela desceu do carro, seminua, e correu em direção a uma área de mata. A menina vestia apenas a parte de cima de um uniforme escolar.

Trazida de volta, ela confessou que estava fazendo sexo com o homem que seria seu tio, Josielson Souza da Silva, de 38 anos, mas que tinha sido ‘apenas’ sexo oral.

Os policiais separaram os dois para que fossem questionados sem combinar os fatos.  O tio acabou confessando que havia ocorrido penetração.

“Ela disse que já tinha mantinha relações com ele há dois anos, e que ele é casado com a tia dela. Uma vez por semana eles se encontram. Ele chorou muito dizendo que estávamos acabando com a vida dele”, comentou o sargento Antunes, do BPRE.

Josielson Souza da Silva foi apresentado na Delegacia de Crimes Contra a Mulher (DECCM), e indiciado.

Compartilhamentos