Briga de casal termina com grande incêndio no Congós

Outras quatro casas foram parcialmente consumidas pelas chamas. Ninguém ficou ferido
Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um incêndio destruiu completamente seis casas em uma área de ponte localizada entre a 8ª e 9ª Avenida do Bairro Congós. O sinistro aconteceu por volta das 2h da madrugada desse domingo, 19. Outras quatro casas foram parcialmente consumidas pelas chamas. Ninguém ficou ferido.

De acordo com populares o incêndio foi provocado por um morador que teria brigado com a esposa, ateado fogo na casa e fugido do local.

“Ele chegou com um garrafão de gasolina e um terçado, entrou na casa e saiu levando uma mala na garupa da bicicleta. Minutos depois vimos a casa pegando fogo”, comentou uma moradora que preferiu não se identificar.

As chamas rapidamente foram se espalhando, atingindo as casas próximas. Manoel Miranda Campelo, de 60 anos, teve a casa destruída pelas chamas.

MORADORE. Fotos: Olho de Boto

Manoel Miranda e Clarice Mendes tiveram as casas destruídas pelo fogo. Fotos: Olho de Boto

“Eu tinha acabado de reformar minha casa. Soube do incêndio pelos vizinhos que me ligaram e eu voltei correndo. Meu prejuízo é de aproximadamente R$ 30 mil”, conta o morador.

Clarice Mendes, de 57 anos, foi outra moradora que também perdeu tudo. As duas casas que tinha na área foram completamente destruídas pelo incêndio. Ela e a família conseguiram sair a tempo.

Desaladas, moradoras lamentam perda de casas

Desoladas, moradoras lamentam perda de casas

“Eu estava dentro de casa na hora do incêndio. Peguei meu neto e os demais e corremos para rua. Estava assistindo TV na hora, só de pijama. A vizinha me emprestou a roupa que estou vestindo agora. Agora vou pedir abrigo na casa do meu filho. Perdi tudo. Documentos e objetos queimaram. O importante é estar com vida. Tenho fé que logo estarei com casa novamente”, disse.

Corpo de Bombeiros precisou de quatro caminhões para apagar o incêndio

Corpo de Bombeiros precisou de quatro caminhões para apagar o incêndio

Lene Garcia veio do Pará e estava morando de aluguel há cinco meses em uma das casas que pegou fogo. Ela e marido vão ficar na casa de vizinhos até encontrar um novo canto para morar.

“Estávamos começando a comprar nossas coisas. Saímos apenas com a roupa do corpo. Os vizinhos ofereceram abrigo por essa noite. Vamos recomeçar do zero novamente”, lamentou.

Ninguem ficou ferido

De acordo com o Corpo de Bombeiros, ninguém ficou ferido

O Corpo de Bombeiros contou com quatro caminhões para combater as chamas. De acordo com o capitão Fábio Silva, ninguém ficou ferido.

“Como as casas são germinadas e de madeira, a potencialidade do fogo é muito maior, se alastrando rapidamente. Utilizamos quatro veículos de combate à incêndio. Agradecemos a população que se manteve calma e não interferiu no nosso trabalho, e a polícia militar pelo apoio”, ressaltou.

Os Bombeiros não confirmaram o que teria motivado o incêndio. As causas serão apontadas em um laudo.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.