Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A falta de energia elétrica infernizando a vida de milhares de moradores em três cidades do Amapá: Macapá, Santana e Serra do Navio. Neste último o blecaute já dura 3 dias, mas não há informações se o problema foi originado pelo vendaval da última quinta-feira, 23. 

Foram pelo menos 8 protestos na noite de sexta-feira, 24. Na Rodovia Duca Serra, no acesso ao Distrito do Coração, os moradores bloquearam a rodovia e incendiaram pneus. O mesmo correu na Rodovia JK, próximo do Igarapé da Fortaleza, já no município de Santana, e na BR-210, na entrada do município de Serra do Navio. A rodovia só foi liberada depois de negociação entre os moradores, a PM e a Polícia Rodoviária Federal.

Em Macapá o protesto mais grave ocorreu na Avenida Equatorial, no Bairro Jardim Marco Zero, Zona Sul da capital. Os moradores se irritaram ao saber que a energia só deverá ser normalizada na próxima segunda-feira, 27. A CEA ficou de enviar uma equipe ao local.

No Igarapé da Fortaleza moradores fecharam da rodovia JK

No Jardim Marco Zero os moradores jogaram pedras na PM e no Corpo de Bombeiros

Os manifestantes interditaram a Avenida Equatorial com entulhos e pneus que foram incendiados. Quando as equipes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros chegaram ao local foram recebidas a pedradas pelos manifestantes. Os policiais e os bombeiros foram orientados a se retirar. 

Ainda na manifestação, houve atos de vandalismo com estabelecimentos comerciais sendo arrombados.

No Jardim Marco Zero os moradores jogaram pedras na PM e no Corpo de Bombeiros

Moradores fecharam a Rodovia JK

A Polícia Militar ainda registrou protestos na Duca Serra em frente à Eletronorte, na Rua Hamilton Silva, no Beirol; Rua Professor Tostes, também no Beirol; e Avenida 1º de Maio com a Rua Claudomiro de Moraes.

Quarteirões inteiros de vários bairros continuam sem energia neste sábado, 25, na capital Macapá. 

Compartilhamentos