Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Por volta das 5h da manhã desse sábado, 4, o professor Bianor Henrique Batista Filho, 32 anos, aguardava embarcação para Chaves, no Pará, quando foi surpreendido com uma facada pelas costas. O golpe atingiu o coração, tirando a vida de Bianor na hora. O crime aconteceu no município paraense de Afuá.

O autor do crime foi identificado de prenome Flávio, conhecido popularmente em Afuá como “Fada”. Há três anos, ele teria sido pego roubando uma lanchonete que pertencia ao Bianor. Desde então, Fada prometia vingança, contam os populares.

Amigos e familiares foram receber o corpo da vítima na Rampa do Açaí, no Santa Inês. Fotos: Olho de Boto

Amigos e familiares foram receber o corpo da vítima na Rampa do Açaí, no Santa Inês. Fotos: Olho de Boto

“Foi um desentendimento que começou há três anos atrás e hoje deu nisso. Ele chegou e furou o Bianor pelas costas. Foi tudo muito rápido. Ele nem viu o Fada se aproximando dele”, comentou Marcelo Santos, que transportou o corpo da vítima até Macapá.

Após o crime,”Fada” fugiu, mas acabou preso horas depois e conduzido para a Delegacia de Afuá.

Após necropsia, corpo será levado para ser sepultado no município paraense de Afuá

Após necropsia, corpo será levado para ser sepultado no município paraense de Afuá

Bianor era casado e tinha um filho. O corpo foi transportado para Macapá, onde foi recebido por amigos e familiares. Após necropsia, será levado para ser sepultado no município paraense de Afuá.

Compartilhamentos