Compartilhamentos

SELES NAFES

Dois policiais militares, um deles fardado, foram presos em flagrante no Bairro Santa Rita, em Macapá na tarde desta terça-feira, 28, por uma equipe do Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM). Eles são acusados de assaltar um estabelecimento de venda de açaí no município de Santana.

O crime teria ocorrido por volta das 16h na Avenida Ubaldo Figueira com a Avenida Princesa Isabel, no Bairro Central de Santana. Segundo as primeiras informações, um tenente lotado no 1º Batalhão da Polícia Militar do Amapá e um sargento do BPRE teriam chegado ao local e rendido os funcionários do estabelecimento.

Eles teriam roubado um notebook e a importância de R$ 700, segundo declararam as vítimas. Um policial militar que passava por perto foi arrolado como testemunha por ter visto o momento em que os dois policiais entravam no estabelecimento.

Depois do suposto roubo, os policiais que estavam em um carro particular, foram seguidos pelas vítimas que ao mesmo tempo repassavam as coordenadas para a PM até a intercepção na Avenida Antônio Coelho de Carvalho com a Rua Paraná, no Bairro do Santa Rita, próximo de uma área de pontes.

Os policiais receberam voz de prisão, mas nenhum dos objetos supostamente roubados foi encontrado com eles. Eles foram conduzidos até a Corregedoria da PM e deverão permanecer presos no quartel do Comando Geral da PM.

“O tenente estava de serviço em Macapá, e deve responder logo inicialmente pelo abandono do posto. Mas tudo está sendo apurado e será encaminhado ao Ministério Público do Estado”, comentou o coronel Paulo Matias.

O comandante geral da PM, coronel Carlos Souza, confirmou as prisões em flagrante e disse que vai aguardar a conclusão com inquérito militar. Os dois policiais são irmãos. 

Compartilhamentos