Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Agentes da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) fizeram uma das maiores apreensões de maconha do ano no Amapá, cerca de 25 quilos. O produto está avaliado em R$ 50 mil, já que cada quilo seria revendido por a R$ 2 mil.

A apreensão ocorreu atrás de uma residência na Rua das Laranjeiras, no Bairro Brasil Novo, Zona Norte de Macapá. A droga pertence a um grupo que vem sendo investigado pela DTE há vários meses e que opera na Zona Norte da capital.

Delegado Ronaldo Coelho vai pedir mandados de prisão. Traficantes conseguiram fugir. Fotos: Olho de Boto

Delegado Ronaldo Coelho vai pedir mandados de prisão. Traficantes conseguiram fugir. Fotos: Olho de Boto

“Uma adolescente que estava no imóvel da frente estava sendo contratada apenas para vigiar e avisar se a polícia chegasse”, explicou o delegado Ronaldo Coelho, titular da DTE.

Funcionou. Ninguém foi preso. Contudo, a adolescente informou aos policiais quem seriam os proprietários da droga que seria distribuída na cidade durante o fim de semana. A casa não tinha nenhum sistema de segurança. O produto estava guardado em tabletes em um pequeno depósito que não chamava a atenção.

Cada quilo seria revendido por R$ 2 mil

Cada quilo seria revendido por R$ 2 mil

“Agora vamos levantar provas mais robustas para pedir prisão preventiva dessas pessoas. Não foi preso o traficante, mas o importante foi tirar essa grande quantidade de circulação”, concluiu o delegado.  

Compartilhamentos