Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

A jovem Alice Caroline Brito, de 13 anos, se recupera bem em Belém (PA) após cirurgia contra o atrofiamento do globo ocular e possíveis infecções. Apesar da primeira etapa ter sido concluída com sucesso, a mãe da jovem, a jornalista Aline Brito, continua a campanha nas redes sociais para a cirurgia no outro olho da filha.

A adolescente Alice é deficiente visual e sofria frequentemente com infecções no globo ocular direito. A cirurgia era a única solução já que o lugar do globo virou canal aberto para microrganismos. A cirurgia fechou esse espaço e dentro de 40 dias uma prótese será implantada.

Alice fez cirurgia no olho direito e agora se recupera. Fotos: Arquivo Pessoal

Alice fez cirurgia no olho direito e agora se recupera. Fotos: Arquivo Pessoal

“Ela fez a cirurgia do olho direito. No fim do mês ela tira as medidas para a prótese externa. Nesse meio tempo vamos nos preparar para a segunda cirurgia do lado esquerdo que é o mesmo procedimento. Ela tem se recuperado bem e dormido bastante, já que a medicação é forte e ela sente dores”, explicou Aline.

Alice não pode operar os dois olhos de uma vez pela complexidade da cirurgia e pelo alto custo também. A mãe fez campanha nas redes sociais para arrecadar R$ 6 mil e pagar a operação, que só pode ser feita em Belém. Amigos ajudaram com passagens e até um apartamento foi emprestado para a recuperação da menina.

Adolescente fará novo procedimento cirúrgico, dessa vez no olho esquerdo

Adolescente fará novo procedimento cirúrgico, dessa vez no olho esquerdo

“Já vencemos a primeira etapa, mas a campanha continua para a segunda cirurgia que custa R$ 6.300 mil. Pedimos ajuda nas doações e já ficamos felizes ao saber que após as duas operações ela vai precisar fazer apenas um acompanhamento, a prótese é definitiva”, disse animada Aline.

Alice nasceu e mora em Macapá. Aos sete meses ela teve infecção neo-natal, ficou internada 17 dias,  e após 4 meses foi diagnosticada com retinopatia da prematuridade. O diagnóstico tardio a deixou 100% cega aos 4 meses de vida.

Mesmo com a deficiência visual, Alice cursa o 8° ano, faz capoeira, toca violão, flauta doce e ama música clássica.

Para doações:
Favorecido(a): Aline Brito Chagas
Banco do Brasil
Conta Poupança: 21946-0
Agência: 2825-8
Variação: 51
Ou pelo site https://www.vakinha.com.br/vaquinha/cirurgia-da-alice

Compartilhamentos