Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

No início da manhã desta terça-feira, 5, três homens armados invadiram a casa onde mora o prefeito de Macapá, Clécio Luis (Rede), no Centro da capital. A mãe do prefeito foi rendida pelos criminosos.

De acordo com o Batalhão de Operações Especiais (Bope) do Amapá, a invasão ocorreu por volta das 7h. A professora Ana Lúcia Vieira, de 62 anos, foi surpreendida pelos bandidos que exigiram objetos de valor e dinheiro. Ainda não se sabe se eles entraram pelos fundos ou pela porta da frente.

Num dos quartos da residência estava o prefeito. A filha dele, Clara Vieira, deu poucas informações a respeito do caso. Segundo ela, o prefeito ligou para a Polícia Militar, além de avisar parentes por mensagens de texto sobre a presença de intrusos na residência.

A mãe do prefeito precisou ser atendida por uma ambulância do Samu. Fotos: Olho de Boto

A mãe do prefeito precisou ser atendida por uma ambulância do Samu. Fotos: Olho de Boto

“Ele ligou para a PM que chegou rápido. Quando os criminosos viram que a polícia estava chegando decidiram fugir sem levar nada”, comentou ela.

O coordenador de Comunicação Social da prefeitura, Diniz Sena, informou que a mãe do prefeito pediu socorro quando foi rendida pelos bandidos, e o prefeito ouviu o grito dela ainda do quarto.

“Ele também avisou que já estava chamando a polícia, por isso os bandidos fugiram”, relatou o coordenador.

A mãe do prefeito passou mal e precisou ser atendida por uma equipe do Samu. Ele ficou em choque e ainda não conseguiu falar com a polícia. A casa não possui vigilantes.

“O prefeito nunca costumou usar segurança armada. Agora ele vai precisar reforçar a segurança, já que afetou a família”, acrescentou Sena. 

12 de setembro de 2015: uma das filhas do prefeito vira refém de bandidos em fuga em Belém

12 de setembro de 2015: uma das filhas do prefeito vira refém de bandidos em fuga em Belém

Policiais analisam as imagens de uma câmera de segurança que fica na entrada na residência e que pode ter filmado a invasão do imóvel, assim como as características dos criminosos.

A PM não informou se os bandidos estavam encapuzados, ou que tipo de veículo estavam usando. O Bope faz diligência na região do Bairro Santa Rita e Jesus de Nazaré.

Não é a primeira que a família do prefeito de Macapá é alvo de criminosos. No dia 12 de setembro de 2015, uma das filhas do prefeito que estuda em Belém virou refém de bandidos que fugiam da polícia. Depois de algumas horas de negociação, ela e outros refém foram libertados. 

Compartilhamentos