Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Mulheres de todo o Amapá poderão fazer exames gratuitos de mamografia e ‘papanicolau’ a partir de outubro na nova unidade móvel ‘Sesc Saúde da Mulher’. A unidade deverá funcionar com uma parceira entre a Fecomércio , estados e municípios.

O veículo todo equipado ainda está em fase de testes, mas já tem uma estimativa ousada de atender 60% das mulheres mais carentes do Estado.

A unidade atenderá todos os municípios do Estado permanecendo 60 dias em cada unidade de saúde. A princípio, serão atendidas mulheres das comunidades de Macapá, na faixa etária de 50 a 69 anos para o exame de mamografia e de 25 a 64 anos para o exame citopatológico, o papanicolau.

“O Sesc vai ofertar dois técnicos de radiologia, um médico e uma enfermeira pra atender na unidade móvel. O encaminhamento será feito pelos hospitais, mas caso elas não tenham encaminhamento do médico, os nossos profissionais vão atendê-las com horário marcado”, explicou Nazaré Leitão , coordenadora de Saúde do Sesc Amapá.

O exame será enviado para o Hospital de Barretos, em São Paulo, que ficará encarregado de emitir o laudo com o resultado. 

O projeto do Saúde da Mulher Móvel foi lançado nesta quarta-feira, 27, no Sesc Aaraxá, e contou com visita técnica da prefeitura de Macapá e autarquias do estado, assim como do Ijoma e Coordenadoria de Vigilância em Saúde. Outras parcerias ainda serão fechadas.

Local onde serão realizados os exames de papanicolau. Fotos: Cássia Lima

Local onde serão realizados os exames de papanicolau. Fotos: Cássia Lima

“Esse é um ganho magnífico para todas as mulheres amapaenses, principalmente, aquelas que necessitam fazer os exames, mas moram longe do posto de saúde ou do Centro mesmo. Esse veículo vai facilitar muito a prevenção de doenças que tanto afligem as mulheres”, destacou o presidente o Ijoma, padre Paulo.

Para ter acesso ao atendimento é necessário apenas que a mulher preencha uma ficha do Ministério da Saúde, que será dada pela unidade móvel. Para isso é necessário que a mulher tenha em mãos a carteira de identidade, CPF, carteira do SUS e comprovante de residência.

Eliezir Viterbino, presidente da Fecomércio: resgate da cidadania

Eliezir Viterbino, presidente da Fecomércio: resgate da cidadania

“Hoje nos lançamos o projeto e já mostramos alguns parceiros. A iniciativa destaca o cumprimento do papel social do Sesc e da Fecomércio , que buscam desenvolver ações voltadas ao bem estar e ao resgate da cidadania da população”, frisou o presidente da Fecomércio, Eliezi Viterbino.

Além dos exames médicos, o projeto também desenvolverá ações educativas ampliadas na área de saúde, buscando intervir nos determinantes sociais e nos fatores biológicos que colocam em risco a saúde da mulher.

Compartilhamentos