Compartilhamentos

SELES NAFES

Depois de quase 24 horas, os deputados federais Cabuçú Borges (PMDB) e Roberto Góes (PDT) conseguiram fazer o check-in e estão embarcando de volta para o Brasil. Os dois ficaram presos no aeroporto de Istambul durante o início de golpe militar na Turquia. O helicóptero chegou a ser abatido por forças leais ao governo provocando o abalo do teto do aeroporto onde os parlamentares estavam.

“Houve muita correria no aeroporto, pessoas chorando, parecia que uma bomba havia caído lá, mas depois foi confirmado que se tratava de uma aeronave que foi abatida. Os dois deputados ficaram acuados num canto do aeroporto esperando por apoio”, relatou na manhã deste sábado, 16, o jornalista Reginaldo Borges, irmão do deputado Cabuçú, e que conhecem bem a situação política na Turquia.

Os dois parlamentares integram um grupo de seis parlamentares enviados pelo Congresso Nacional para representar o Brasil na abertura dos Jogos Mundiais Escolares.

Depois da cerimônia de abertura, os dois parlamentares estavam no aeroporto se preparando para fazer o check-in quando o golpe militar contra o presidente Erdogan começou.

Os militares se dividiram sobre o apoio ao golpe e houve combates em várias cidades que deixaram quase 200 mortos e mais de 1,4 mil feridos.

“O Erdogan tem apoio de metade da população, e quando ele fez um pronunciamento pelo Facebook a população foi para as ruas e entrou para o conflito”, comentou o jornalista. 

O espaço aéreo da Turquia foi fechado. Todos os passageiros que estava em trânsito no aeroporto ficaram impedidos de viajar.

“Para complicar a situação, nenhum dos dois deputados entende o idioma turco. Se fosse francês ou espanhol seria fácil, mas esse idioma é ininteligível pra gente”, comentou Borges.

O último contato feito com o deputado ocorreu por volta das 4h da manhã deste sábado pelo Facebook. O deputado informava estava bem e que já havia recebido permissão para embarcar de volta ao Brasil.

Ele chegou a gravar um vídeo onde é possível ouvir pessoas gritando palavras de ordem no aeroporto. Depois de tranquilizar parentes no Amapá, o deputado ainda tenta quebrar o clima pesado lembrando seu personagem no rádio. Veja o vídeo.

 

Compartilhamentos