Compartilhamentos

SELES NAFES

Um estudante de biologia fotografou e filmou uma ‘jiboia de rabo vermelho’, uma espécie que não é vista com frequência, especialmente próximo de áreas urbanas. O flagrante ocorreu no município de Mazagão.

“É uma espécie agressiva, mas que não possui veneno. Tem uma característica parecida com a sucuri, que sufoca as presas antes de engolir”, explica Edivaldo Diniz, que fotografou e filmou o animal.

Estudante ainda teve tempo de fazer uma selfie

Estudante ainda teve tempo de fazer uma selfie

Quando o biólogo viu a cobra no gramado de um loteamento próximo de uma feira, ela estava sendo atacada por um morador. O estudante se aproximou e explicou ao cidadão que não se tratava de um animal venenoso, para a sorte da jiboia.

“Não tive coragem de chegar muito perto porque ela estava um pouco agressiva. Tinha mais de 2 metros e meio”, calcula ele.

O estudante acredita que apesar do desmatamento geralmente empurrar os animais para as áreas urbanas, neste caso ele acha que a cobra fugiu de algum cativeiro.

“Acho que ela criada por alguém”, deduz.

A doutora em biologia do Instituto de Estudos e Pesquisas do Amapá (Iepa), Luciede Karim, recebeu as fotos e confirmou a identificação da espécie e diz que esse tipo de jiboia é muito procurada por criadores.

Depois de salva pelo biólogo, a cobra acabou voltando para uma área de mata.

Compartilhamentos