Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Servidores municipais estão acampados na sede da prefeitura de Santana desde o início da manhã desta quinta-feira, 7. É um protesto pelo escalonamento dos salários anunciado pelo prefeito Robson Rocha (PR). Eles também decidiram entrar em greve geral a partir da semana que vem.

No total, a prefeitura tem 1,7 mil servidores efetivos. O sindicato da categoria diz que a decisão de pagar categorias em datas diferentes não foi comunicada previamente pela gestão.

“Fizemos uma assembleia logo depois do comunicado do prefeito informando o escalonamento dos pagamentos e decidimos por este ato público, além da greve a partir de segunda-feira, 13”, informou o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Santana, Antônio Mesquita.

Servidores fazem protesto do lado de fora do prédio da prefeitura

Servidores fazem protesto do lado de fora do prédio da prefeitura nesta quinta, 7

A prefeitura anunciou que pagará as categorias em datas diferentes por conta da crise na arrecadação, e principalmente pelo sequestro de mais de R$ 2 milhões das contas da prefeitura numa ação em que o município diz que houve um equívoco por parte da Justiça trabalhista no Amapá. A prefeitura recorreu ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

Os pagamentos começaram dia 5, prosseguem no dia 8, segundo comunicado da PMS. No dia 20 a previsão é de pagar as férias. A primeira parcela do décimo terceiro salário ficou para agosto. 

A categoria diz que permanecerá realizando o protesto até que o prefeito Robson Rocha reconsidere a decisão.

O prefeito, no entanto, disse não entender porque o sindicato decidiu provocar a manifestação se os pagamentos estão sendo realizados. Ele considerou o movimento político.

“Estamos dentro do prazo, que é o 5º dia do mês. Conseguimos a liminar com o Tribunal Regional para liberar o recurso e o pagamento será feito amanhã. Se não houver o desbloqueio em tempo hábil no banco nos pagaremos amanhã de qualquer fora porque receberemos o Fundo de Participação dos Municípios”, disse o prefeito Robson Rocha. 

Compartilhamentos