Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) promoveu, durante a manhã desta sexta-feira, 26, o “Dia D” de combate ao mosquito Aedes aegypti, no bairro Perpétuo Socorro. Na ação, foram localizados 43 focos do inseto vetor de doenças como dengue, chikungunya e zika.

As áreas foram imediatamente tratadas com larvicida por uma equipe composta por agentes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Exército Brasileiro, agentes de endemias de Macapá, funcionários da Assembleia Legislativa e do Tribunal de Justiça do Amapá. 

Um total de 2.653 imóveis foram visitados  durante o operativo que envolveu mais de 300 agentes voluntários. 

Os agentes foram divididos em grupos para cobrir as 10 zonas pré-estabelecidas no plano de operação desenvolvido pela Sala de Situação Estadual. Toda ação ocorreu sem nenhuma gravidade. As visitas aos bairros vem acontecendo o ano inteiro e tem por objetivo orientar a população sobre a importância da participação no controle do mosquito.

Para o mosquito não nascer

A Sala Estadual de Situação reforça que, para evitar o nascimento do mosquito, são necessários apenas 10 minutos por semana. Esse é o tempo gasto para que cada um realize uma inspeção em sua residência e remova possíveis focos. Garrafas, copos, caixa d’água, calhas, todos esses lugares precisam ser vistoriados, tampados e limpos para que a fêmea do Aedes aegypti não encontre lugar para colocar os ovos, recomenda a Sesa.

Compartilhamentos