Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

O ex-deputado estadual Alexandre Barcellos teve a casa invadida por criminosos na madrugada do último domingo, 21. Depois de horas de procura, equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) do Amapá conseguira prender 8 acusados, entre eles o caseiro e o filho dele.

O crime ocorreu por volta das 3h da madrugada de domingo. A residência do deputado fica na Rodovia Duca Serra, na Zona Oeste de Macapá. O imóvel foi invadido por 10 criminosos armados que renderam todos os moradores e fugiram levando vários objetos da casa, incluindo relógios, celulares e 6 armas.

O ex-deputado Alexandre Barcellos foi  agredido. Um dos bandidos chegou a atirar duas vezes contra ele, mas errou o primeiro tiro. No segundo disparo a arma acabou falhando.  

Criminoso atirou no próprio pé durante o assalto. Fotos Olho de Boto

Criminoso atirou no próprio pé durante o assalto. Fotos Olho de Boto

“Os relatos são que eles consumiram drogas antes do assalto, bateram no deputado e um deles atirou duas vezes contra a vítima, mas a arma falhou”, comentou o tenente Hércules, do Bope.  

De acordo com a vítima, um dos criminosos se feriu durante o assalto disparando contra o próprio pé. Foi a prisão desse criminoso, no Hospital de Emergência de Macapá, que começou a elucidar o crime.

Maioria das armas foi recuperada

Maioria das armas foi recuperada

As equipes de Rondas Táticas Motorizadas do Bope estavam realizando diligências quando o criminoso chegou ferido ao HE. Com as informações dele, os policiais conseguiram localizar sete criminosos que estavam escondidos em residências na Rodovia AP-440 e Marabaixo IV.

Com eles, os policiais recuperaram 4 armas de fogo, além de 250 cartuchos de diversos calibres. Os bandidos acusaram o caseiro e o filho dele de participação no roubo. Os dois teriam facilitado a entrada do bando na propriedade. O caseiro, que foi preso, trabalhava havia 3 anos para o ex-deputado.

Relógios foram recuperados pelo Bope

Relógios foram recuperados pelo Bope

“Todos foram categóricos em informar que o caseiro e o filho informaram que havia joias na casa e cerca de R$ 50 mil. Eles prenderam os cachorros pra facilitar a entrada deles”, informou o oficial do Bope.

Dos 8 presos, três têm 17 anos. Esses foram conduzidos até a Delegacia Especializada em Atos Infracionais (Deiai). Foram apresentados no Ciosp do Pacoval, Wilson da Silva Miranda, 20 anos;  Carlos André Silva da Costa, 18 anos;  Carlos Silva da Costa, 48 anos;  Benedito dos Reis Vanzilie, 19 anos, e Lucas de Jesus Sousa, 19 anos.

Polícia ainda procura por dois criminosos que estão com duas armas

Polícia ainda procura por dois criminosos que estão com duas armas

Uma das equipes do Bope que fizeram as priões

Policiais do Bope que fizeram as prisões

Quase todos os objetos foram recuperados, mas a polícia ainda procura por outros dois envolvidos que estão com duas armas de fogo roubadas.

Compartilhamentos