Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Bandidos armados invadiram a residência da deputada estadual Raimunda Beirão (PMB) no município de Vitória do Jari, a 320 quilômetros de Macapá, no Sul do Amapá, na noite de sábado, 6. A família da parlamentar foi amarrada pelos criminosos, mas dois acusados foram presos pela Polícia Militar.

O crime ocorreu por volta das 21h. Havia 10 familiares da deputada no imóvel no momento do assalto, incluindo a deputada e duas crianças de 3 e 7 anos. No total, seriam quatro bandidos com revólveres calibre 38.

Os moradores foram amarrados enquanto os assaltantes buscavam por joias, celulares e dinheiro. O valor não foi informado. Eles também recolheram as chaves de todos os veículos na casa para que não fossem seguidos depois do crime.

Um dos seguranças da deputada conseguiu se desamarrar e acionar a Polícia Militar por telefone sem que os bandidos percebessem. Uma equipe da PM que faz a ronda na cidade chegou à residência no momento em que os criminosos se preparavam para fugir.

O carro da fuga, um Siena, estava perto da residência esperando os criminosos terminarem o assalto.

“Nós sabíamos das características do carro e dos infratores, e aquele era o único carro que batia com a descrição. Na abordagem o condutor se atrapalhou para explicar por que estava ali”, lembra o tenente Câmara, do 11º BPM.

O motorista foi detido e os criminosos tiveram que fugir a pé quando perceberam a chegada da PM. Um deles se escondeu em uma construção e trocou tiros com os policiais.

O bandido acabou sendo baleado no abdômen, foi socorrido e levado para o Hospital de Emergência de Laranjal do Jari onde passará ainda pela manhã por procedimento cirúrgico.

Outros três bandidos continuam foragidos, mas já foram identificados pela PM e Polícia Civil. Pela manhã, a Politec deve realizar perícia na casa da parlamentar. Ninguém no imóvel ficou ferido.

Compartilhamentos