Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

O motorista que causou um grave acidente de trânsito deixando uma pessoa morta na manhã deste sábado, 13, no Bairro do Laguinho, área central de Macapá, vai continuar preso. O juiz que conduziu a audiência de custódia decidiu manter a prisão em flagrante por homicídio doloso, e não arbitrou fiança.

Alezy Conceição Serrão, de 22 anos, o ‘DJ Alezy’, como se identifica nas redes sociais, irá aguardar o andamento do processo no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen). Mas a família ainda poderá recorrer da decisão.

A audiência de custódia, realizada por volta das 17h deste sábado no Tribunal do Júri de Macapá, atraiu dezenas de mototaxistas que se concentraram em frente ao prédio do Fórum Desembargador Leal de Mira.

DJ Alezy ficará preso por homicídio doloso. Foto: Rede Social

DJ Alezy ficará preso por homicídio doloso. Foto: Rede Social

José Arnaldo será sepultado neste domingo

José Arnaldo será sepultado neste domingo

O juiz concordou com a interpretação da delegada Elza Nogueira que descaracterizou o crime de trânsito e autuou o motorista por homicídio doloso, quando há intenção de matar.

“No Código Penal a pena é maior. O juiz homologou o flagrante e encaminhou para o Iapen pelo Artigo 121 que é homicídio, e não pelo Artigo 302 do Código de Trânsito (homicídio culposo)”,  resumiu a delegada que acompanhou a audiência.

DJ disse em depoimento que não viu quando bateu no mototaxista. Foto: Olho de Boto

DJ disse em depoimento que não viu quando bateu no mototaxista. Foto: Olho de Boto

O acidente ocorreu por volta das 7h30min, no cruzamento da Avenida José Tupinambá com a Rua São José. O mototaxista Jose Arnaldo Araújo, de 44 anos, transportava um passageiro quando foi surpreendido pelo Ford Ka no sentido contrário.

O veículo conduzido por Alezy Conceição teria avançado o sinal vermelho e dobrado bruscamente atingindo a moto.

O carro capotou e ainda atingiu um ciclista. Em um vídeo que está circulando na rede Whatsaap é possível ver José Arnaldo ainda consciente e se comunicando. Uma pessoa geme de dor, é o passageiro Edgleuson de Miranda, de 27 anos, que está com a perna esquerda esmagada.

Polícia Militar acompanha manifestação de mototaxistas em frente ao fórum

Polícia Militar acompanha manifestação de mototaxistas em frente ao fórum. Foto: Vitor Hugo

O mototaxista morreu pouco depois no Hospital de Emergência. O passageiro continua internado no HE em estado grave. O ciclista sofreu poucos ferimentos.

Depois de ter sido flagrado no bafômetro com dosagem de álcool três vezes acima do tolerado, Alezy foi levado para o Ciosp do Pacoval, onde prestou depoimento.

“Ele disse que estava tomando vodka com amigos, e que não viu quando bateu no mototaxista”, lembra a delegada.

José Arnaldo era muito conhecido no meio da categoria, e será sepultado neste domingo, 14.

Compartilhamentos