Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O advogado e empresário Gilberto Firmino Martins, de 50 anos, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira, 29, na residência dele no Bairro do Beirol, Zona Sul de Macapá. Segundo a polícia, ele tinha uma perfuração na testa supostamente provocada por um tiro.

Ainda há poucas informações sobre as circunstâncias da morte. As primeiras informações são de que ele teria tomado café com a família normalmente, e depois se recolhido ao quarto. Moradores teriam ouvido um disparo e encontraram o empresário morto por volta das 9h40min.

A residência fica na Avenida Xavantes. As polícias Militar e Técnica estão no local neste momento.

O presidente da OAB, Paulo Campelo, confirmou o incidente. Ele enviou uma equipe para acompanhar o caso e dar assistência à família.

Além de advogado, Gilberto Martins foi presidente da Associação de Pecuaristas do Amapá e era primo do deputado estadual Dalto Martins, morto em um acidente aéreo em 2012 na capital Macapá.

Compartilhamentos