Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Já é tratada como suicídio a morte do empresário Gilberto Firmino Martins, de 50 anos, encontrado morto na manhã desta segunda-feira, 29, na casa onde morava no Bairro do Beirol, Zona Sul de Macapá.

O tiro fatal teria sido disparado na boca e não na testa, conforme as primeiras informações dadas por policiais militares que estiveram no local. 

O corpo do empresário foi encontrado por volta das 9h30min. Uma guarnição do Corpo de Bombeiros esteve no local, mas atestou que a vítima estava sem sinais vitais. O CBM acionou a Polícia Técnica do Amapá (Politec) para fazer a remoção do corpo.

Os bombeiros ouviram relatos de que, após o café da manhã na companhia da família, o empresário havia voltado para o quarto e trancado a porta. Depois do disparo, familiares o encontraram ao lado de uma pistola.

Apesar do aparente suicídio, uma equipe da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (Decipe) esteve no local e investiga o caso.

Compartilhamentos