Compartilhamentos

DA REDAÇÃO 

O governo do Amapá anunciou nesta terça-feira, 23, que irá chamar as famílias pré-selecionadas para morar no Macapaba II, Zona Norte. O GEA não informou a quantidade de famílias nessa condição, mas no total, são 2.218 apartamentos.

As famílias deverão comparecer a partir de quarta-feira, 24, nas três unidades da Rede Super Fácil (Centro, Zona Sul e Zona Norte), das 8h às 17h sem intervalos, e aos sábados de 8h às 12h. O prazo final para comparecimento é dia 3 de setembro.

A lista com as famílias selecionadas foi enviada pela Caixa Econômica Federal. Esta é a a última convocação antes do sorteio que será realizado pelo banco. A primeira ocorreu em maio.

De acordo com a secretária adjunta da Política da Assistência Social, Patrícia Silva, essa etapa é de validação de cadastros selecionados em 2014, ou seja, a Sims irá comprovar as informações fornecidas no ato do cadastro.

“Como não foi deixado nenhum banco de dados dos selecionados, precisamos fazer essa atualização para identificar os grupos específicos como deficientes, idosos e vítimas de sinistros”, informou a secretária.

No ano passado, durante as visitas de assistentes sociais às famílias selecionadas, foram identificadas dezenas de famílias fora do perfil do Programa Minha Casa, Minha Vida.

“São pessoas que já possuem casa própria, já foram contempladas com unidades habitacionais, moram em outro estado ou a renda não é mais a mesma. Portanto, não atendem aos critérios”, explicou.

Atendimento por letras

Nos dias 24, 25 e 26 de agosto serão atendidos os cadastrados com iniciais A, B, C, D, E, F e G. Nos dias 27, 29, 30 e 3, os que iniciam com as letras H, I, J, L, M ou N.

Nos dias 1º, 2 e 3 de setembro será a vez dos nomes que iniciam com O, P, Q, R, S, T, U, V, W ou Z.  

Todas as famílias deverão estar munidas dos documentos originais e dos dependentes, além de comprovante de renda, de endereço ou contrato de aluguel. Cópias são desnecessárias porque os documentos serão digitalizados.

A próxima etapa será o sorteio das famílias em data ainda não anunciada pela Caixa Econômica. 

Compartilhamentos