Compartilhamentos

SELES NAFES

Um candidato a prefeito e outros dois a vice lideram o ranking dos milionários que estão na disputa pela prefeitura de Macapá nas eleições deste ano. É o que revelam as declarações de bens entregues por eles ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que ainda vai fazer o cruzamento de informações para determinar se os dados são confiáveis.

De todos os candidatos, o mais rico é o empresário Adiomar Veronese (PROS), candidato a vice de Gilvam Borges (PMDB). O dono das gigantes Nutriama e Atacadão Maracá declarou possuir patrimônio de quase R$ 11 milhões.

Na relação de bens Veronese, constam participações de 50% na Nutriama (R$ 10 milhões) e  40% na Central Frios (R$ 100 mil), além de imóveis e veículos.

O segundo mais rico é o candidato a prefeito Promotor Moisés (PEN). Ele informou à Justiça Eleitoral que possui patrimônio no valor de R$ 2,4 milhões, a maioria imóveis residenciais e comerciais no estado de Minas Gerais. Ele declarou também possuir 6 automóveis.

Em seguida vem a conselheira aposentada do Tribunal de Contas, Raquel Capiberibe (PMN), vice do Promotor Moisés, com pouco mais de R$ 1,5 milhão em bens. Constam na declaração de Raquel, que também já foi deputada federal, apenas dois bens: uma residência avaliada em R$ 1,5 milhão, e um veículo de apenas R$ 42 mil.

Em quarto lugar aparece outra candidata a vice, a empresária Dayane Lima (PHS), que está na chapa com Dora Nascimento (PT). A empresária declarou possuir bens no valor de R$ 994,8 mil, que incluem aplicações financeiras e veículos.

Candidatos a prefeito

Entre os candidatos a prefeito, Dora Nascimento (PT) ocupa a segunda colocação com R$ 440 mil. Ela declarou um terreno rural e dois veículos. 

Gilvam Borges (PMDB) ocupa a terceira posição entre os candidatos a prefeito com patrimônio de R$ 408,4 mil, que incluem um prédio residencial em Macapá e dois imóveis em Brasília.

Em seguida, surge o candidato à reeleição Clécio Luis (REDE), com R$ 328,3 mil. Como patrimônio, o prefeito declarou um imóvel em Macapá, uma aplicação financeira e dois automóveis.

Rui Smith (PSB) vem atrás com R$ 245 mil. Ele declarou apenas uma residência em Macapá e um automóvel. 

Aline Gurgel (PRB) é a penúltima da lista entre os candidatos a prefeito, com apenas R$ 99 mil referentes ao capital de uma empresa de cerâmica em Macapá.  

O último é o candidato a prefeito Genival Cruz (PSTU). Ele declarou possuir bens no valor de R$ 90 mil, que incluem um carro e uma residência.

A vice de Genival, Íngrid Rayana (PSTU), declarou não possuir bens. Ela é professora de educação física e está desempregada.

O mesmo acontece com outra vice, a vereadora Telma Nery (DEM), que está na chapa de Clécio Luis, e com a candidata a vice de Ruy Smith, Lu Albuquerque, que atua no setor de sorveterias. As duas declararam não possuir bens.

O Tribunal Regional Eleitoral ainda analisa todas as declarações cruzando informações fornecidas pelo Banco Central e Receita Federal, e poderá requisitar novas informações se encontrar incoerências.

Todas as declarações de bens aparecem no sistema do TRE na condição de ‘aguardando julgamento’.

Veja abaixo os bens que os 6 candidatos com maior patrimônio declararam:

adiomar

1º ) Adiomar Verosene (PROS), candidato a vice de Gilva Borges

Patrimônio: R$ 10.990.000,00

Bens:

Ford Edge

Valor em espécie = R$ 50 mil

50% do capital social da empresa Nutriama

Valor aportado para o fundo de aumento de capital da empesa Central Frios

1 Lote urbano

40% do capital social da firma Central Frios

1 Picape Toyota

1 Lote urbano em Macapá

Foto: Diário do Amapá

2º) Promotor Moisés (PEN), candidato a prefeito. Foto: Diário do Amapá

Patrimônio: R$ 2.456.000,00

Bens:

1 BMW

3 Casas em Caetonópolis (MG)

1 lote em Caetonópolis (MG)

1 apartamento em Sete Lagoas (MG)

1 Lote em Macapá

1/6 de prédio (herança) na cidade de Ponte Nova (MG)

1 Lote na Rodovia JK, em Macapá

1 Apartamento na Rua São José, em Macapá  

1 Lote na Avenida Beira-Rio, em Macapá

6 veículos

Raquel Capiberibe (PMN)

3º ) Raquel Capiberibe (PMN), candidata a vice do Promotor Moisés (PEN)

Patrimônio: R$ 1.542.600,00

Bens:

1 Casa em Macapá

1 veículo

dayanne

4º ) Dayane Lima (PHS), candidata a vice de Dora Nascimento (PT)

Patrimônio: R$ 994.830,00

Bens:

2 aplicações financeiras

100% das ações da empresa de eventos DL

10% das ações da empresa Lifeplus

1 BMW

DORA

5º) Dora Nascimento

Patrimônio: R$ 440.000,00

Terreno rural na localidade de Maruanun, zona rural de Santana

2 veículos 

Gilvam Borges caminha pelas ruas de Macapá em pré-campanha: agora é encontrar um vice

6º ) Gilvam Borges (PMDB), candidato a prefeito

Patrimônio: R$ 408.400

1 Prédio residencial em Macapá

1 Terreno no Condomínio Estância Jardim Botânico, Brasília

1 casa no Condomínio Jardim Botânico, Brasília

Compartilhamentos