Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um homem foi assassinado pelos enteados e amigos deles na madrugada deste domingo, 28, após uma confusão que começou em um dos apartamentos do Conjunto Mucajá, e terminou na porta de um estabelecimento comercial na Avenida Timbiras, no Bairro do Beirol, Zona Sul de Macapá.

A vítima identificada como Biracy Gomes, de 38 anos, estava bebendo com os enteados Maikon e Micael dos Reis Barros, de 20 e 21 anos respectivamente, e mais três rapazes identificados como Darlan dos Santos Picanço, de 21 anos,  Brendo Amorim Cardoso, de 22 anos, e um menor de 16 anos.

A perseguição terminou em frente a um estabelecimento na Avenida Timbiras. Fotos: Olho de Boto

A perseguição terminou em frente a um estabelecimento na Avenida Timbiras. Fotos: Olho de Boto

Por volta de 00h40min, houve uma discussão que terminou em pancadaria dentro do apartamento. Biraci Gomes foi ferido, mas conseguiu fugir para a rua.

Depois de alguns metros, ele foi alcançado na Avenida Timbiras onde os rapazes que continuaram as agressões. A PM diz que o golpe fatal de faca teria sido desferido pelo enteado Micael Barros, mas isso ainda está sendo investigado.  

A PM chegou rapidamente e prendeu a maioria deles. Maikon Barros conseguiu fugir. O irmão dele, Micael Barros, foi levado para o Hospital de Emergência e depois foi liberado. A polícia não soube informar o motivo da briga.

“O padrasto estava bebendo com eles e houve um desentendimento, com a vítima vindo a óbito. Foi uma briga generalizada”, relatou o capitão Márcio Borges.

A mãe da vítima esteve no local e entrou em desespero ao ver o corpo do filho.

“Meu filho trabalhava na Semur. Esses outros aí costumam fazer assaltos aqui no conjunto. Eu moro aqui com meu filho que é professor na Unifap”, relatou a mãe ainda em desespero.

 

Compartilhamentos