Compartilhamentos

VALDEÍ BALIEIRO

Professores da Escola Estadual Almirante Barroso, localizada no município de Santana, distante 17 quilômetros de Macapá, passam a noite no colégio para evitar que ladrões invadam e roubem os equipamentos.

Segundo o diretor da escola, o professor Elias Almeida, o fato foi apenas na quarta-feira, 10, mas poderá se estender para os demais dias.

Professores dormiram na escola. Fotos: Divulgação

Cerca de dez profissionais acamparam na escola. Fotos: Divulgação

“Eles fizeram isso como um ato de manifestação por conta do fim dos contratos com as empresas de vigilância que faziam a segurança das escolas públicas”, conta o diretor.

Desde que o governo do Estado comunicou o fim dos contratos com as empresas de segurança, escolas estaduais têm sido alvos de bandidos que invadem, arrombam e saqueiam as salas levando equipamentos como computadores e televisores.

O diretor ainda disse que a escola não sofreu furtos, mas que o ato é uma prevenção.

“Semelhante ao que aconteceu com a escola Elizabeth Picanço Esteves e Everaldo Vasconcelos, nós não queremos que aconteça na nossa. Por isso, os professores irão fazer nova manifestação e dormirão na escola”, disse Elias Almeida.

Compartilhamentos