Compartilhamentos

SELES NAFES

Os deputados Marcos Reátegui (PSD, federal), Mira Rocha (PR, estadual) e o prefeito de Santana, Robson rocha (PR), voltarão a ser julgados pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE) na tarde desta quarta-feira, 31. Os processos apuram supostos crimes eleitorais na campanha de 2012.

Os três foram absolvidos no julgamento ocorrido em dezembro do ano passado, mas a Procuradoria Eleitoral recorreu da decisão. Segundo a denúncia, pessoas eram contratadas pela prefeitura em 2012 desde que votassem em Mira e Marcos. O pai dela e do prefeito, o também ex-prefeito Rosemiro Rocha, também foi denunciado.

Ao contrário de Mira e Robson, o parecer da relatora, a desembargadora Stella Ramos, foi pela absolvição de Marcos Reátegui.

“As provas trazidas pelo Ministério Público foram frágeis e inconsistentes, baseando-se apenas em depoimentos testemunhais cheios de contradições e sem nenhum elemento concreto”, considerou o parlamentar.

“O voto da desembargadora Stella Ramos reconhece os argumentos que venho apresentando desde o começo desse processo”, acrescentou.

O Site SELESNAFES.COM não conseguiu contato com Mira Rocha e Robson Rocha. O julgamento está marcado para começa às 16h no plenário do TRE. 

Compartilhamentos