Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Alunos da Escola Estadual Gabriel de Almeida Café, no Centro de Macapá, decidiram paralisar as aulas por três dias. Na manhã desta quarta-feira, 21, eles fizeram um protesto contra a falta de merenda e vigilância no colégio. A Secretaria de Educação do Estado (Seed) diz que o colégio teve problemas com a prestação de contas de recursos da merenda. 

Além dos estudantes, o movimento teve a adesão dos professores. Uma caminhada saiu da escola e entrou pela Avenida FAB, seguindo para a Assembleia Legislativa e paralisou em frente à Secretaria de Educação do Estado (Seed). A manifestação fechou o trânsito no perímetro entre as ruas Hamilton Silva e Leopoldo Machado.

Tiago: "não dá pra estudar dessa forma". Fotos: Cássia Lima

Tiago: “não dá pra estudar dessa forma”. Fotos: Cássia Lima

“Nós vivemos um momento de caos na educação. As escolas estão sendo assaltadas, saqueadas e ninguém faz nada. Estamos com estruturas precárias e ainda podem levar o que nos resta. Esse é um ato pacífico para gritarmos à sociedade que nós não aguentamos mais estudar dessa forma”, declarou o estudante Tiago Roberto, de 15 anos.

Segundo os professores, há 11 meses a escola Gabriel de Almeida Café não recebe recursos da merenda escolar. Faltam de professores, e há três meses a escola está sem manutenção mínima. Os alunos reclamam ainda da falta de material didático.

Renata Frazão: pior para quem vai fazer o Enem

Renata Frazão: pior para quem vai fazer o Enem

“Nós já estamos com o calendário escolar atrasado, reduzem nosso horário de aula, estamos em merenda, sem manutenção na escola. Poxa, não dá. Para os alunos do terceiro ano a situação é pior porque vão fazer Enem. Chega desse descaso”, reclamou a aluna Renata Frazão, de 16 anos.

De acordo com os alunos, o protesto segue nos próximos dias com a adesão de novas escolas. A proposta é uma ‘greve’ geral dos estudantes.

Redistribuição

A Seed informou por meio de nota que recebeu as reivindicações da instituição e fará uma redistribuição de professores para atender as disciplinas onde faltam profissionais.

Estudantes bloquearam o trânsito no Centro

Estudantes bloquearam o trânsito no Centro

A secretaria voltou a informar que o processo para a contratação da vigilância eletrônica em Macapá e Santana já está em andamento.

E garantiu ainda que o recurso para merenda referente ao mês de setembro foi pago hoje, e que Escola Gabriel Café encontra-se com pendências em relação à prestação de contas de 2015, esse seria o motivo do atraso. A escola foi convocada a regularizar a situação.   

Compartilhamentos