Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Cerca de 80 escolas e mais de 2 mil alunos, segundo a Polícia Militar, participaram do desfile do 13 de Setembro no fim da tarde desta terça-feira, 13. A data comemorada desde 1944  lembra a criação do extinto Território Federal do Amapá, e, na prática, o desmembramento do estado do Pará.

O sambódromo ficou lotado. As bandas das escolas fizeram um espetáculo a parte, e, com ritmos cadenciados, embalaram a festa.

Banda da escola Lima Neto. Fotos: André Silva

Banda da escola Lima Neto. Fotos: André Silva

 

Escola cruza sambódromo

Escola cruza sambódromo falando de Marabaixo

Sambódromo ficou lotado. Fotos: André Silva

Sambódromo ficou lotado

Projeto de esporte de uma das escolas estaduais

Projeto de esporte de uma das escolas estaduais

Para fugir do convencional, as bandas procuram surpreender a cada ano. Com as batidas fortes do repique, do surdo, do bumbo e das caixas acompanhadas pelos instrumentos de sopro, elas fogem das tradicionais marchas e recorrem a ritmos mais populares, como o forró e o rap.

As escolas estaduais Mineko Hayashida, de Laranjal de Jari (que abriu a festa),  a Professor Antônio Ferreira Lima Neto do Parques do Buritis, na Zona Norte de Macapá, emocionaram e animaram o público com coreografias inéditas durante a apresentação. Veja o vídeo.

O amapaense compareceu em peso ao evento, como a família Cardoso que nunca perde um desfile. Este ano eles estavam acompanhados de uma nova integrante da família, a pequena Isabela, de um ano.

“Eu acho muito importante o resgate desse momento cívico que vem sendo deixado de lado ao longo dos anos, e é legal incluir as crianças nisso”, reforça Michel Cardoso, de 35 anos, que estava acompanhado da esposa Fabíola.

Família Cardoso com a nova integrante, Isabela

Família Cardoso com a nova integrante, Isabela

A estudante Sara Cássia, de 18 anos, e os amigos, Alison Lima, de 18 anos, e Jéssica Ruana, de 22 anos, aproveitaram o momento para passear e conhecer de perto as bandas que fazem a festa todos os anos.

“Todo ano eu venho assistir. A apresentação das bandas é o melhor momento do desfile”, considera Sara.

Mais de 2 mil alunos desfilaram pela Avenida Ivaldo Veras

Mais de 2 mil alunos desfilaram pela Avenida Ivaldo Veras

“É a primeira vez que venho e confesso que fiquei muito impressionado com o nível das bandas”, disse Alison, que foi só pra assistir a apresentação da Escola Estadual Castelo Branco.

Compartilhamentos