Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Waldir registou Boletim de Ocorrência. Fotos: André Silva

Waldir registou Boletim de Ocorrência. Fotos: André Silva

O diretor da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) localizada no Bairro Novo Horizonte, Zona Norte de Macapá, foi agredido na manhã de quarta-feira, 7, quando chegava no trabalho. Apesar de estar carregando objetos valiosos, nada foi roubado.

Quando as agressões começaram ele foi socorrido por um taxista que passava no local, e foi levado direto para o Ciosp do Pacoval, onde registrou um boletim de ocorrência (BO).

Waldir Bittencourt, de 26 anos, é funcionário público e desempenha a função de diretor da UPA. Ele relatou que, por volta das 8h, enquanto caminhava até o local de trabalho, foi abordado por dois rapazes bem vestidos que, sem falar nada, foram desferindo socos e chutes.

Segundos depois de iniciar as agressões, um taxista percebeu o que estava ocorrendo e, segundo Waldir,  parou para socorrê-lo, com isso os agressores fugiram. Ele descarta que tenha sido uma tentativa de assalto.

“Não acredito que sejam pessoas da comunidade. Sempre fui muito bem recebido pela população do Novo Horizonte. Apesar do que aconteceu eu não vou deixar de exercer minhas funções naquele bairro”, finalizou o diretor.

Ele foi guiado até o Ciosp do Pacoval, onde prestou depoimento e em seguida foi para o Hospital de Emergência receber medicação.

Compartilhamentos