Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O Ministério Público Eleitoral promete ser rigoroso na cobrança das normas de propaganda visual nas ruas. Representantes de coligações que disputam a prefeitura de Santana assinaram um termo de ajuste de conduta no último dia 16 se comprometendo a obedecer.

Os militantes e cabo eleitorais não poderão, por exemplo, fixar bandeiras em rotatórias ou canteiros centrais, muros, cercas ou tapumes, em locais que obstruam o trânsito de pedestres e veículos.

As bandeiras também deverão ser colocadas a pelo menos cinco metros das esquinas e a 10 metros de pontos de táxi e ônibus.

Existem regras para adesivos em carros. Será permitido apenas um adesivo em cada lado do veículo e é proibido no parabrisa dianteiro.

O promotor Adilson Garcia informou que por enquanto não foram registrados casos de desobediência.

Compartilhamentos