Compartilhamentos

SELES NAFES

Fornecimento de energia, água tratada, esgoto, infraestrutura e serviços coletivos são os principais indicadores medidos pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia, que acaba de divulgar o Índice de Bem-Estar Urbano dos Municípios Brasileiros (Ibeu-municipal). Quase todas as capitais do Norte, com exceção de Boa Vista (19ª), aparecem nos últimos lugares.

O levantamento sobre as condições dos 5.565 municípios é inédito, e levou em consideração também a mobilidade urbana, condições habitacionais, atendimentos na rede pública de saúde (estadual e municipal), educação e outros serviços.

Moradores do Buritizal, em Macapá, incendeiam pneus para protestar contra os apagões: fornecimento de energia é um dos piores

Moradores em Fazendinha, distrito de Macapá, incendeiam pneus para protestar contra os apagões em julho: fornecimento de energia é um dos piores

Ao avaliar os serviços de água, esgoto e coleta de lixo, por exemplo, mais da metade dos municípios do país estão em condições ruins. Quando o assunto é pavimentação, calçamento e iluminação pública, 91% das cidades estão em níveis ruins e muito ruins.

Somente 273 municípios apresentaram condições muito boas, ou seja, apenas 4,9% do total. Os municípios em condições ruins no índice de bem-estar somam 19,2%; condições médias, 41,3%, e boas, 34,5%.

Rua no Bairro Brasil Novo: pavimentação e infraestrutura foram medidos pelo instituto

Rua no Bairro Brasil Novo: pavimentação e infraestrutura foram medidos pelo instituto

A única cidade na Região Nordeste fora do grupo de capitais entre as piores é Presidente Sarney, no Maranhão.  Na Região Norte, os municípios nessa condição são: Vitória do Xingú, Pacajá e Marituba (PA); Amaturá (AM); e Pedra Branca do Amapari (AP).

Veja abaixo o ranking das capitais:

Condições boas

1ª Vitória (ES)

2ª Goiânia (GO)

3ª Curitiba (PR)

4ª Belo Horizonte (MG)

5ª Porto Alegre (RS)

6ª Campo Grande (MS)

7ª Aracaju (SE)

8ª Rio de Janeiro (RJ)

9ª Florianópolis (SC)

10ª Brasília (DF)

11ª Palmas (TO)

12ª São Paulo (SP)

 

 Condições médias

 13ª João Pessoa (PB)

14ª Fortaleza (CE)

15ª Recife (PE)

16ª Salvador (BA)

17ª Cuiabá (MT)

18ª Natal (RN)

19ª Boa Vista (RR)

20ªTeresina (PI)

21ª Maceió (AL)

22ª São Luís (MA)

 

Condições ruins

23ª Rio Branco (AC)

24ª Manaus (AM)

25ª Belém (PA)

26ª Porto Velho (RO)

27ª Macapá (AP)

Compartilhamentos