Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A participação do Grupo Tático Aéreo (GTA), é a grande novidade do Desfile Cívico desse ano no sambódromo que marca a independência do Brasil, nesta quarta-feira, 7 de setembro,. A apresentação do GTA acontecerá em quatro momentos, sendo que em um deles serão comemorados os 10 anos de atuação no Amapá.

Além do GTA, apresentações de Bope e Exército também trarão novidades. Fotos: arquivo

Além do GTA, apresentações de Bope e Exército também trarão novidades. Fotos: arquivo

O Desfile de Independência promete surpreender o público. A programação inicia a partir de 7h30 com a revista das tropas. A entrada é gratuita.

Novas apresentações na programação

Os tradicionais desfiles do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e do Exército Brasileiro prometem levar novas apresentações à Avenida Ivaldo Veras. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar irão desfilar com suas corporações, e pelo menos 800 jovens e crianças dos projetos sociais Peixinhos Voadores, Policial Mirim, Bombeiro Cidadão e Bombeiro Mirim Músico.

Aproximadamente 3 mil pessoas entre agentes de segurança civis e militares, além de voluntários, vão se apresentar ao som das bandas marciais da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar (CBM), 34º BIS (Batalhão de Infantaria de Selva) e da Guarda Municipal de Macapá.

As apresentações de resgate e salvamento da PM e CBM são outro momento esperado pelo público, além das simulações do canil da Polícia Militar (PM) e do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu)

O Desfile Cívico também terá a participação de pelotões da Legião Estrangeira (França), Marinha do Brasil, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Territorial, Guarda Municipal, Escoteiros, Desbravadores, Bandeirantes, Maçonaria e Jeep Club.

O Corpo de Bombeiros estima um público entre 5 e 6 mil espectadores.

 Trânsito

O acesso principal ao Sambódromo ocorrerá pela Rodovia JK até a rotatória do Monumento Marco Zero do Equador. O trânsito em direção ao local do evento também estará liberado pela avenida Stephan Houat, em direção à rua Victa Mota Dias (por trás do sambódromo).

Já pela 7ª Avenida do Congós, em direção à Ivaldo Veras, o trânsito é liberado somente até as proximidades da Cidade do Samba.

 

Compartilhamentos