Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Os servidores do quadro da Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) terão a frequência registrada por meio de ponto eletrônico a partir de outubro. O projeto, que está em fase experimental, valerá, num primeiro momento para os 25 funcionários do quadro administrativo da secretaria.

Os demais servidores serão incluídos gradativamente. Mesmo os servidores que já possuem o cadastro biométrico deverão realizar a atualização documental.

A atualização cadastral e biométrica começa no mês de setembro, que irá compor dados do Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos e Folha de Pagamento (SIGRH) do Governo do Estado.

Um cronograma será previamente divulgado com as devidas informações para que o servidor possa se apresentar no período e local indicado pela Sesa com a documentação necessária. Após a atualização cadastral e biométrica, é que o projeto piloto entrará em vigor.

A implantação do ponto eletrônico é uma recomendação do Ministério Público Federal, Justiça Federal e Tribunal de Contas do Estado. De acordo com informações da Sesa, a medida aumenta o controle de gestão das unidades, pois gera organização e dá responsabilidade para o servidor no cumprimento da carga horária.

A implantação do ponto eletrônico acontecerá em todas as secretarias de Estado após a atualização cadastral e biométrica dos servidores estaduais.

Compartilhamentos