Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um menor de idade foi apreendido pela Polícia Militar do Amapá na noite desta quinta-feira, 22, na Zona Norte da capital, conduzindo uma moto clonada. As multas do veículo, especialmente na BR-210, estavam chegando à residência da dona da motocicleta original do outro lado da cidade.

O crime já estava sendo investigado pela Polícia Civil, que conseguiu localizar a motocicleta clonada em uma residência no Bairro Brasil Novo. A PC pediu apoio do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) para elucidar o crime.

Moto Fan 150 foi comprada por R$ 2 mil, segundo o adolescente apreendido. Fotos: Olho de Boto

Moto Fan 150 foi comprada por R$ 2 mil, segundo o adolescente apreendido. Fotos: Olho de Boto

Por volta das 21h30min,  a PM localizou a motocicleta sendo conduzida por um adolescente de 17 anos na Avenida Manga Rosa. Ele foi abordado e disse ter comprado o veículo por R$ 2 mil no interior do Estado.

Na inspeção do veículo, os policiais não demoraram muito para descobrir as fraudes.

“Tem a mesma placa, cor, mas o chassi foi adulterado artesanalmente”, informou o subtenente Jayson, do BPRE.

O condutor foi apresentado na Delegacia de Investigação de Atos Infracionais (Deiai). A polícia agora tenta identificar o verdadeiro dono da moto que foi clonada, que deve ter sido furtada ou roubada.

Equipe do BPRE descobriu que o chassi da moto clonada estava adulterado

Equipe do BPRE descobriu que o chassi da moto clonada estava adulterado

A proprietária da moto verdadeira terá de recorrer administrativamente para não pagar as multas. Ela mora no Bairro Jesus de Nazaré, e relatou que raríssimas vezes precisou ir à BR-210.

O BPRE e outros batalhões da Polícia Militar do Amapá estão passando por um curso de qualificação para aperfeiçoamento das técnicas para identificar as fraudes em veículos.  

Compartilhamentos