Compartilhamentos

 

OLHO DE BOTO

Equipes do Corpo de Bombeiros e Samu tiveram muito trabalho neste fim de semana. Depois do acidente na Rodovia AP-70 na noite do domingo, 30,  outro grave acidente ocorreu na Rodovia JK na madrugada desta segunda-feira, 31. Uma colisão entre dois veículos deixou três pessoas feridas.

O acidente ocorreu por volta das 3h40min. De acordo com o Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE), o motorista do Fiesta trafegava no sentido Centro e teria tentando contornar a rotatória do Monumento do Marco Zero do Equador quando perdeu o controle e bateu de frente com uma picape Toyota que trafegava no sentido contrário, na outra faixa sentido Zerão.

Choque entre Fiesta e a picape Hillux foi forte. Fotos: Olho de Boto

Choque entre Fiesta e a picape Hillux foi forte. Fotos: Olho de Boto

Muito feridos, os três ocupantes do Fiesta (dois homens e uma mulher) ficaram presos no carro, mas foram retirados por duas equipes do Corpo de Bombeiros. O resgate do motorista também foi complicado.

Testemunhas relataram que os três ocupantes do Fiesta estavam momentos antes em uma festa que acontecia num clube às margens da Rodovia JK.

O motorista da picape Hillux, que não quis se identificar,  disse que foi surpreendido com o Fiesta que avançou a contramão, após tentar fazer a curva saindo da rotatória em alta velocidade.

Um dos passageiros ficou preso no banco de trás

Um dos passageiros ficou preso no banco de trás

Única mulher no carro recebe atendimento

Única mulher no carro recebe atendimento

“Eu voltava do aeroporto quando vi esse carro vindo na contramão e reduzi a velocidade. Mesmo assim o impacto foi forte. O motorista fez a curva muito aberta”, comentou o motorista da picape, que não ficou ferido. Ele permaneceu no local até a chegada dos militares do BPRE.

No local não foi possível identificar nenhuma das vítimas. Elas permanecem internadas no Hospital de Emergência. 

Acidente ocorreu na saída da rotatório no sentido Centro

Acidente ocorreu na saída da rotatório no sentido Centro

Antes das equipes de socorro chegarem, um dos passageiros ainda foi roubado, mesmo ferido. Depois da colisão, um homem se aproximou fingindo estar preocupado, e pediu o celular de uma das vítimas para chamar o socorro.

Ele acabou correndo com o aparelho, e ainda foi perseguido por alguns populares que não conseguiram alcançá-lo. 

Compartilhamentos