Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

A Barca das Promessas um dos símbolos do Círio de Macapá está pronta para a procissão de Domingo, 9. O objeto que representa vida, nasceu após a morte da mãe de uma das suas idealizadoras.

barca-4

Objeto surgiu após o falecimento de mãe de idealizadora. Fotos: André Silva

A tradição da barca começou no Círio de 2009. Alan Nogueira, filho de uma das idealizadoras, Rosangela Nogueira, explica que, no início, o objeto não tinha tantos adereços, era uma barca simples e menor, mas no decorrer do tempo ela vem tomando formatos maiores e melhores.

“A finalidade da barca é ter um lugar onde os devotos de Nossa Senhora pudessem colocar as réplicas das bênçãos e graças alcançadas. No momento do Círio, ele trás a réplica da conquista e deposita dentro da barca” explica Alan.

Alan Nogueira

Alan Nogueira. Barca funciona como lugar onde os devotos de Nossa Senhora colocam as réplicas das bênçãos

Ele também diz que a história da barca é muito significativa porque ela foi inserida no círio no ano em que a avó faleceu.

“Para a minha mãe ela trouxe um sentido de mãe, simbolizado por nossa senhora, porque minha avó era muito devota da santa e, de uns anos pra cá, tem sido mais ainda porque uma irmã minha faleceu. Resumindo, ela traz uma simbologia de vida”, conta o Alan.

Confecção da Barca foi caprichada

Confecção da nova Barca

A primeira etapa do Círio começa neste sábado, 8, com o Círio Fluvial  saindo às 8h de frente do Igarapé da Fortaleza e no domingo acontece a grande romaria, com saída do Santuário de Nossa Senhora de Fátima.

barca-6

Barca simboliza vida

Compartilhamentos