Compartilhamentos

JOSÉ MARQUES JARDIM

Uma das maiores bandas cover dos Beatles chega a Macapá no próximo sábado, 8. A Hey Jude, referência a um dos hits mais famosos do quarteto inglês, desembarca para um show épico.

Formada por Cesar Kiles (Paul McCartney), Thomas Arques (George Harrison), Renato Almeida (Ringo Starr) e Thiago Gentil (John Lennon), a banda de São Paulo procura ser mais fiel possível à trajetória dos ‘fab four’, desde o surgimento com o “iê, iê,iê”, no começo dos anos 60, até o amadurecimento musical completo, de 1967 a 1969.

Figurinos e cortes de cabelo estão inclusos no espetáculo que tem um repertório amplo e fiel nos arranjos, timbres de vozes, trejeitos e até nos diálogos falados em inglês no palco, tudo para proporcionar ao público a sensação de estar o mais próximo do quarteto de Liverpool.

Os caras trazem na “bagagem” de carreira nada menos que terem tocado e gravado no lendário estúdio ‘Abbey Road’, onde os Beatles gravaram ao longo do tempo que permaneceram juntos. Também se apresentaram seis vezes no ‘Cavern Club’, um pub inglês que na década de 60 recebia muitas bandas que estavam começando carreira. Lá que os Beatles foram descobertos pelo futuro  empresário da banda, Brian Epstein, e explodiram para o mundo. 

Nas curiosidades que cercam a Hey Jude, na apresentação no Cavern, a banda foi parabenizada pelo primeiro empresário dos Beatles, Alan Williams e por Dave Jones, dono do pub. Tocaram também no encerramento oficial do Annual Beatles Convention (Beatle Week) em Liverpool, Inglaterra, para mais de 100 mil pessoas e conheceram Astrid Kirchherr, fotógrafa do período inicial dos Beatles na época que o quarteto ficou em Hamburgo.

Ela foi a responsável por criar o famoso corte de cabelo dos Beatles, o ‘mop top’. Antes, eles usavam topetes para imitar Elvis Presley. 

Indiscutivelmente, a Hey Jude é uma banda de estrada e já tocou também no Espaço das Américas – São Paulo, SP; Chevrolet Hall – Belo Horizonte, MG; Audio Club (com gravação de DVD/CD) – São Paulo, SP; HSBC Brasil – São Paulo, SP; Teatro Bradesco – São Paulo, SP; Teatro Riachuelo – Natal, RN; Teatro do Bourbon Country – Porto Alegre, RS; Teatro Bradesco – Rio de Janeiro, RJ; Teatro Feevale – Novo Hamburgo, RS e muitos outros palcos Brasil afora.

Fizeram uma participação no Rock In Rio 2013 – Rio de Janeiro, RJ e no Centro de Convenções Ulysses Guimarães em um Show transmitido ao vivo pelo canal Multishow – Brasília, DF.

Lá fora, no velho mundo, eles tocaram no Royal Court em Liverpool – Liverpool, UK; e no LIMF, Liverpool International Music Festival.

Falando de instrumentos, eles não fogem à fidelidade temporal dos Beatles. Trata-se das mesmas marcas e modelos com destaque para a bateria Ludwig, da década de 60, idêntica a que era tocada por Ringo Starr. As guitarras são das marcas Gretsch e Rickenbacker, sem falar no baixo Hofner, aquele que o Paul usava no começo da carreira. Ao todo são dezessete instrumentos, somando mais os Epiphone, Fender e Gibson e os amplificadores são os famosos VOX AC30.

Trata-se de um show imperdível pensado para um público de extremo bom gosto e saudosista. Na verdade será uma viagem no tempo rumo a uma época fantástica para a música mundial.

A apresentação e Macapá será no espaço Di Vetro, na Avenida Antônio Coelho de Carvalho, no Centro de Macapá.

Compartilhamentos