Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Um enfermeiro decidiu um lançar livro que fala sobre sexualidade. Ele diz que o tema “sexo” já é discutido mais abertamente nas escolas, mas ainda existem tabus a serem quebrados. O objetivo do livro é trazer propostas que possam ajudar a compreender melhor o assunto e promover a educação e a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.

O livro “Educação Sexual Não é um Bicho de Sete Cabeças” é um compilado de dinâmicas de grupo que serve como proposta para profissionais de saúde, multiplicadores  e professores possam trabalhar com vários públicos a educação sexual nas mais variadas faixas etárias, podendo abordar assuntos como gravidez na adolescência e prevenção das doenças sexualmente transmissíveis.

Camisinha gigante: maneira didática e engraçada de ensinar que funciona. Foto: Arquivo pessoal

Camisinha gigante, ou ‘Camisão’: maneira didática e engraçada de ensinar que funciona. Foto: Arquivo pessoal

O livro foi escrito pelo enfermeiro amapaense Venceslau Pantoja, que quis passar um pouco da experiência que ganhou desenvolvendo projetos voltados à saúde sexual. A proposta do livro é mostrar estratégias adequadas para serem desenvolvidas em grupo, para que haja uma mudança no comportamento do indivíduo, seja ele adolescente, jovem, adulto ou idosos.

“Para conseguirmos a mudança de atitude dessas pessoas para que elas adotem um comportamento saudável, você não tem apenas que informar, mas construir uma vivência, e isso pode ser feito através de algumas dinâmicas, atividades em grupo ou uma roda de conversa que faça com que a pessoa reflita sobre suas práticas”, explica o escritor.

Boca inflável ajuda na demonstração de uso da camisinha feminina

Boneca inflável ajuda na demonstração de uso da camisinha feminina

Além das dinâmicas de grupo, o livro também traz o esclarecimento de crianças, pois, segundo Venceslau, os pais ainda demostram muita dificuldade em falar de sexo.

“A proposta é dar esse direcionamento de como você pode lidar com essas questões e trabalhar em sala de aula e na própria comunidade com a prevenção tanto de doenças como a gravidez na adolescência”, argumenta.

O autor traz também algumas experiências que deram certas,  ideias que são usadas nacionalmente por instituições que trabalham com a prevenção de doenças. Exemplo disso é a ‘camisinha gigante’, utilizada para demonstração do uso adequado do preservativo.

Dispense de camisinhas

Dispense de camisinhas

Outro caso de sucesso é a confecção e o uso de dispense de acrílico em repartições públicas e escolas, além do uso de uma boneca inflável na demonstração do uso do preservativo feminino.

O lançamento do livro será nesta sexta-feira, a partir das 18h, na Escola Estadual Carmelita do Carmo, onde o enfermeiro já desenvolve um projeto de educação sexual. Após o lançamento ele estará a disposição em bancas e por meio do site da editora.

Compartilhamentos