Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Amigos, erramos ao mencionar o comércio “Rei do Carvão”, na reportagem sobre a morte da comerciante Geane Silva, de 51 anos, ocorrida na noite desta terça-feira, 18.

A informação dada por populares dizia que o proprietário teria sido o autor dos disparos, quando na verdade não foi. Por isso essa informação equivocada foi imediatamente retirada do site.

No entanto, a reportagem está correta ao afirmar que José Raimundo, outro comerciante, está sendo procurado pelo crime, segundo a PM. Pedimos desculpas e nos colocamos à disposição mais uma vez.

Todos que me acompanham sabem que em meus quase 25 anos de profissão sempre primei pela precisão e correção da informação.

Compartilhamentos