Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Com mais de 10 mil cadastrados para atendimento, o Centro de Promoção Humana Frei Daniel Samarate, os Capuchinhos, localizado no Bairro Santa Rita, realizou programação especial na manhã desta terça-feira, 4, dia em memória a São Francisco de Assis. O Centro busca voluntários.

Comunidade marcou presença na missa. Fotos: Cássia Lima

Comunidade marcou presença na missa. Fotos: Cássia Lima

Houve uma missa em ação de graças à memória de São Francisco de Assis. E foram entronizadas três imagens no hall de entrada do prédio: do Frei Apolônio Troesi, ícone da obra e voluntário por 9 anos do Centro; Frei Daniel Samarate, patrono da entidade e símbolo de doação e caridade; e do médico Marcelo Cândia, italiano grande parceiro do Centro que doou sua vida para os mais pobres.

Quando em homenagem aos frades voluntários. Centro é referência há mais de 20 anos

Quando em homenagem aos frades voluntários. Centro é referência há mais de 20 anos

O espaço é referência há mais de 20 anos no Estado com oferta gratuita de serviços como odontologia, cardiologia, clínica geral, nutricionista, pediatria e laboratorial. São 10 mil cadastrados no banco de dados que contabilizam 200 refeições diárias e uma média de 250 atendimentos diários.

“Hoje é um dia bonito porque celebramos a fé do nosso fundador, São Francisco de Assis. Essa entronização das imagens foi uma ideia que surgiu para homenagear e mostrar para a população o trabalho do Centro e da caridade desses homens. Esta é uma obra coletiva que tem uma abrangência muito grande para os mais necessitados”, disse o diretor do Centro de Promoção Humana, Frei Carlos.

Frei Carlos. Obra para os mais necessitados.

Frei Carlos. Obra para os mais necessitados

A programação contou com um café da manhã e participação da comunidade, e das pessoas cedidas pelo governo do Estado e prefeitura de Macapá que trabalham no espaço. A cerimônia contou com a participação da deputada Marília Góes, amiga do Frei Apolônio, que relembrou o projeto do berçário móvel, criado pelo frei que cuidava de adolescentes grávidas.

“Essa homenagem é um reconhecimento que o Frei Apolônio, por ser muito simples, não gostaria de ter. Mas ele foi um santo em vida e isso é muito lindo. Aqui tem um pouco da vida de doação dele que sempre cuidava das pessoas, especialmente das mulheres e meninas do berçário móvel. Eu sinto muita saudade dele, disse a deputada.

Amiga de frei Apolônio, a deputada Marília Góes foi prestigiar a homenagem

Amiga de Frei Apolônio, a deputada Marília Góes foi prestigiar a homenagem

Voluntários

Atualmente, os Capuchinhos contam com 15 voluntários de diferentes áreas de formação. Mas o diretor conta que precisa de mais colaboradores para auxiliar a comunidade que procura o Centro.

Momento da entronização das imagens

Momento da entronização das imagens

“Precisamos muito. Especialmente de pessoas com o espírito manso e que queiram ajudar em horários comerciais, pode ser só meio turno. Basta nos procurar”, disse.

Os interessados podem procurar o Frei em horário comercial no Centro de Promoção, localizado na Avenida FAB, na esquina da Rua Paraná, no Bairro Santa Rita.

Entrada do Centro de Promoção Humana

Entrada do Centro de Promoção Humana

Compartilhamentos