Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Foram definidas as escolas que irão representar o Amapá nos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), na faixa etária entre 15 e 17 anos.

A disputa nacional, que ocorre entre os dias 1 e 10 de novembro, em João Pessoa (PB) terá mais de 100 alunos de 16 instituições de ensino das redes pública e privada do estado participando em esportes coletivos e individuais.

Nos esportes coletivos a delegação ficou da seguinte forma:

No futsal masculino, o concorrente amapaense será a Escola Meta e no feminino a Escola Estadual Munguba do Jarí. Já no handebol masculino a escola que disputa é a Gabriel de Almeida Café e na modalidade feminina do esporte, o colégio Podium.

O basquete masculino terá a Escola Alexandre Vaz Tavares (AVT) e o basquete feminino será representado pelo Podium. No Vôlei de quadra masculino, o time do Amapá é o Núcleo de Educação Integrada e no feminino o AVT.

O Vôlei de praia masculino contará com a Escola José do Patrocínio e a modalidade feminina com o AVT.
De acordo com coordenação da etapa estadual, expectativa de medalhas é boa. Foto: Cássia Lima (arquivo 2015)

De acordo com coordenação da etapa estadual, expectativa de medalhas é boa. Foto: Cássia Lima (arquivo 2015)

Nas  modalidades individuais, a participação amapaense ficou assim definida:
O xadrez masculino será representando pela Escola Antonio Messias e o xadrez feminino pela Escola Raimundo Virgulino. No tênis de mesa masculino a vaga fica com o Colégio Equipe e no feminino com o Instituto Federal do Amapá.
As escolas Barroso Tostes, Raimundo Virgulino, Gabriel de Almeida Café e AVT disputarão o judô masculino. O atletismo masculino terá participantes das escolas Nanci Nina, Lauro Chaves, Antonio Messias e Castelo Branco. O atletismo feminino amapaense será representado pelas escolas José Bonifácio, AVT e Antonio Messias.
Durante a seletiva, as delegações dos alunos do interior ficaram hospedados em hotel na capital e com a alimentação custeada pela Secretaria de Desporto e Lazer (Sedel). Cutias do Araguari, Porto Grande e Itaubal do Piririm não conseguiram enviar representantes.
De acordo com o coordenador da etapa, Beneren Santas, a avaliação da participação amapaense é positiva em virtude do nível técnico apresentado pelas equipes. Com isso, a expectativa é que, na fase nacional, muitas medalhas possam ser conquistadas para o Amapá.
 
Foto destaque: Rodolfo Santos (Secom)
Compartilhamentos