Compartilhe

DA REDAÇÃO

Depois de quatro dias lutando pela vida, o sargento Agenildo Quaresma Júnior, de 35 anos, morreu na noite da quarta-feira, 26, na UTI do Hospital de Emergência de Santana.

O quadro clínico do sargento havia piorado muito nas últimas 24 horas, mas como o estado era muito grave, os médicos recomendaram que ele não fosse transferido para a capital. Segundo colegas de farda que acompanharam o drama, havia o risco dele morrer durante a transferência.

O 1º sargento Agenildo Júnior estava de folga na tarde do último domingo, 23, quando, acompanhado de um irmão, foi até uma área de pontes do Bairro Nova Brasília retirar um terceiro irmão que seria usuário de drogas.

Ao se aproximar do local, ele foi alvejado duas vezes. O sargento ainda revidou, mas acabou desmaiando. Segundo testemunhas, ele ainda foi agredido com pauladas na cabeça. Um suspeito foi preso na quarta-feira, com o pente e a munição da pistola que o sargento usava no dia. A arma e nem o atirador foram encontrados até agora.

O corpo do sargento só será liberado pela Polícia Técnica do Amapá (Politec) por volta do meio-dia. O velório será na Câmara de Vereadores de Santana, e o sepultamento provavelmente ainda nesta quinta, também em Santana.

O 8º Batalhão da PM divulgou uma nota de pesar pelo falecimento do sargento.

“O comando do 8º Batalhão, em nome de seus Oficiais, Praças e funcionários civis, vem externar seus sentimentos de pesar a Sra. Gleise Daianne Gonçalves Maciel, sua filha Lívia e todos os familiares do 1º Sargento Agenildo Quaresma Ferreira Junior, que faleceu na noite desta quarta-feira, 26, após muita luta. O Senhor o levou e ele descansa em paz neste momento.

Diante da perda irreparável, o  Comando do Batalhão Águia externa a sua solidariedade, rogando a Deus que traga o conforto a seus familiares, amigos e agradece ao Sgt Agenildo, este guerreiro que dedicou sua vida à carreira policial militar, dando orgullho a sua família e a sociedade amapaense. A polícia Militar se sente honrada por ter feito parte de sua história! Descanse em Paz irmão, amigo, pai, esposo e guerreiro!”

Compartilhe